Ir para conteúdo

[Pandemia]
Com força-tarefa para diagnósticos, SP registra 208 mortes de coronavírus

Ação da Secretaria de Estado da Saúde, de acordo com o governo, quer zerar os óbitos que estão no banco de amostras do Instituto Adolfo Lutz

2 abr 2020 – 21h43
Das 201 amostras, 93 já tiveram o diagnóstico concluído e entre elas 20 deram positivas (Foto: Divulgação)

Oestado de São Paulo registrou nesta quinta-feira (2) 208 óbitos relacionados ao novo coronavírus, que causa a Covid-19. Os dados são resultado de uma força-tarefa da Secretaria de Estado da Saúde para diagnosticar todos os óbitos considerados suspeitos que estão no Instituto Adolfo Lutz.

Das 201 amostras, 93 já tiveram o diagnóstico concluído e entre elas 20 foram consideradas positivas para Covid-19. O processamento das demais amostras está em fase final e os resultados serão divulgados nesta sexta-feira (3). Estes resultados serão comunicados as unidades e municípios notificantes e inseridos em sistema oficial.

Os óbitos concentram-se em 21 cidades, sendo que cinco delas registram o primeiro óbito, são elas: São Vicente e Praia Grande, na Baixada Santista, e Francisco Morato, Itaquaquecetuba e Arujá, na Grande São Paulo.

Assim, salta para 21 o número de municípios com mortes pela doença: São Paulo, Guarulhos, Osasco, Embu das Artes, Ribeirão Preto, Santo André, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo, Sorocaba, Taboão da Serra, Campinas, Caieiras, Suzano, São Sebastião, Vargem Grande Paulista, Cotia, São Vicente, Praia Grande, Suzano, Itaquaquecetuba e Cotia.

O total soma 117 homens e 91 mulheres. O estado tem também 3.506 casos confirmados.

Sem o resultado desta noite da força-tarefa de São Paulo, o número de casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus no País subiu de 6.836 para 7.910 entre esta quarta (1º) e quinta-feira (2), conforme atualização do meio desta tarde do Ministério da Saúde. O número de mortes passou de 240 para 299. O índice de letalidade subiu de 3,5% para 3,8%.

As mortes ocorreram em São Paulo (188 – sem o resultado desta noite da força-tarefa), Rio de Janeiro (41), Ceará (20), Pernambuco (9), Piauí (4), Rio Grande do Sul (5), Paraná (4), Amazonas (3), Distrito Federal (4), Minas Gerais (4), Bahia (3), Santa Catarina (2), Rio Grande do Norte (2), Sergipe (2), Alagoas (1), Maranhão (1), Mato Grosso do Sul (1), Pará (1), Espírito Santo (1), Goiás (1), Paraíba (1) e Rondônia (1).

Novos

Os novos casos totalizaram 1.076. O resultado significou aumento de 16% em relação ao total registrado antes. Mas se considerado apenas os novos casos, o desempenho foi menor do que nos dois dias anteriores, quando os números foram, respectivamente, de 1.119 (em 1º de abril) e 1.138 (em 31 de março).

Nas últimas 24 horas, foram 58 novas mortes. O resultado é a maior série histórica. Nos três dias desta semana, os números de novas mortes totalizaram 23, 42 e 40. No tocante ao perfil das vítimas, 58% eram homens e 42%, mulheres. No recorte por idade, 89% das vítimas tinham acima de 60 anos.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.