Anúncios
Ir para conteúdo

[Pandemia]
Saúde investiga a primeira morte suspeita pelo novo coronavírus em Paulínia

Paciente de 73 anos, aposentado, deu entrada no hospital municipal da cidade, teve seu quadro evoluído para parada cardiorrespiratória e morreu

26 mar 2020 – 14h09
Entorno do hospital municipal de Paulínia será higienizado com hipoclorito de sódio (Foto: Divulgação)

APrefeitura de Paulínia informou na manhã desta quinta-feira (26) que a Secretaria Municipal de Saúde confirmou a morte de um paciente considerado caso suspeito da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. A cidade tinha dois casos confirmados da doença e 25 em investigação até as 18h desta quarta-feira (25).

O paciente, de 73 anos, aposentado, deu entrada no Hospital Municipal de Paulínia “Vereador Antônio Orlando Navarro” às 20h15 desta quarta-feira (25). A família acionou o Atendimento Pré Hospitalar (APH). Durante o trajeto, o paciente entrou em parada cardiorrespiratória, evoluindo para óbito às 20h40.

Conforme a Prefeitura, a equipe médica e de enfermagem realizou os procedimentos técnicos necessários de reanimação e intubação oro-traqueal, de acordo com as normas estabelecidas pelo Centro de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) do hospital municipal.

O paciente era hipertenso, diabético e ex-fumante. Antes de acionar o APH do hospital de Paulínia, apresentou sintomas de dor no corpo, febre e diarreia, e procurou um hospital privado em Campinas no último dia 18. O hospital classificou como caso suspeito Covid-19, com imagem de tomografia computadorizada sugestiva. O homem foi orientado a isolamento domiciliar e quarentena.

A mulher do paciente é psicóloga, manteve contato com o marido, que havia viajado aos Emirados Árabes, e está em isolamento domiciliar. Ela apresentou sintomas de diarreia e náuseas, evoluindo com dor no corpo, febre e sintomas respiratórios leves. Conforme a Prefeitura, o filho é médico, trabalha na Capital e não apresentou sinais da doença até o momento.

O hospital municipal solicitou exame de swab para investigação do diagnóstico para Covid-19 do paciente morto, seguindo as indicações do Ministério da Saúde. “A Administração lamenta e se solidariza com a família e informa que a Prefeitura Municipal de Paulínia, através da Secretaria Municipal de Saúde, está em permanente comunicação com os familiares”.

A Prefeitura destacou que é de “extrema importância que a população siga todos as orientações do Comitê de Prevenção e Enfrentamento do Coronavírus para que se possa ter eficácia” no combate da pandemia. “Reforçando os cuidados, às 15h desta quinta-feira (26), todo o entorno do hospital municipal de Paulínia será higienizado com hipoclorito de sódio, visando a desinfecção da região”, informou.

RMC

Até a tarde desta quarta-feira, a Região Metropolitana de Campinas (RMC) não tinha nenhuma morte confirmada em decorrência da Covid-19. Mas agora, além de Paulínia, outras quatro cidades investigam suspeitas de óbitos relacionados ao novo coronavírus: Indaiatuba (dois casos), Nova Odessa, Pedreira e o Hospital de Clínicas (HC), da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), que apura uma ocorrência que envolve uma moradora de Águas de Lindoia. As amostras estão no Instituto Adolfo Lutz.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia
Anúncios

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.