Ir para conteúdo

[Segurança]
Guarda Municipal fecha o cerco a bares, igrejas e festas em Paulínia

Decreto de situação de emergência proíbe funcionamento de estabelecimentos e realização de eventos deste tipo nos próximos seis meses

22 mar 2020 – 16h
Imagem feita de dentro de uma viatura da Guarda Municipal de Paulínia em patrulhamento (Foto: Reprodução)

AGuarda Municipal de Paulínia está fechando o cerco a pessoas que insistem em fazer aglomerações e descumprir o decreto em vigor que estabeleceu a situação de emergência na cidade devido à pandemia do novo coronavírus. Até o último balanço divulgado, a corporação atendeu a 33 ocorrências relacionadas a festas, bares, igrejas, aniversários e outros eventos que estão pelos próximos seis meses proibidos no município.

De acordo com a Prefeitura, nenhuma pessoa foi presa. “A Guarda Municipal está nas ruas buscando evitar aglomerações de pessoas”, avisou. “Em todas as viaturas foram disponibilizados álcool gel para os agentes de segurança.” Quem quiser denunciar descumprimento do decreto de situação de emergência deve ligar para os telefones 153 e (19) 3874-3646. Entre as restrições, as específicas sobre aglomerações estão:

  • suspensão de eventos, a exemplo de casamentos, bailes, festas, formaturas, aniversários infantis e afins;
  • suspensão do funcionamento de bares, de lanchonetes, food trucks, e similares, exceto aqueles que deverão trabalhar exclusivamente com regime de entrega (delivery) por meio de aplicativos eletrônicos e telefônicos;
  • suspensão de cultos, missas e atividades ou manifestações religiosas;
  • suspensão temporária da validade de alvarás de funcionamento para estabelecimentos de entretenimentos, como casas noturnas, pubs, tabacarias e afins, que promovam alta concentração e circulação de pessoas, bem como a suspensão da expedição de novos alvarás;
  • suspensão temporária do funcionamento das academias particulares e de clubes desportivos de lazer;
  • suspensão do funcionamento das feiras livres de alimentação no município.

Veja aqui todas as restrições. Quem descumprir as determinações terá a suspensão do alvará de funcionamento e a lacração do estabelecimento, de modo a impedir o acesso ao local.

Sumaré
Álcool em gel apreendido (Foto: Divulgação)

A Guarda Civil Municipal de Sumaré apreendeu 54 frascos de álcool em gel adulterado na manhã deste domingo (22) em um mercado no bairro Matão. O estabelecimento comercial está localizado na Avenida Emílio Bosco e teve a prática descoberta após denúncias anônimas da população. Cada unidade do produto era comercializada no local pelo preço de R$ 8,99.

No mercado investigado ainda havia um barril e um galão de cinco litros com o mesmo produto, de acordo com a Guarda Civil Municipal. O dono do estabelecimento comercial foi encaminhado ao plantão policial de Sumaré e o Departamento de Vigilância Sanitária da cidade iria acompanhar o registro da ocorrência na Polícia Civil.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.