Ir para conteúdo

[Comércio]
Paulínia Shopping reduz horário de funcionamento por causa do coronavírus

Centro de compras anunciou que a partir desta quinta-feira (19) lojas e praça de alimentação irão funcionar todos os dias somente das 12h às 20h

18 mar 2020 – 19h06
Vista aérea do Paulínia Shopping antes da abertura de lojas e praça de alimentação (Foto: Divulgação)

AAssociação dos Lojistas do Paulínia Shopping (ALPS) decidiu reduzir quatro horas o período de funcionamento do centro de compras. A partir desta quinta-feira (19), todos os dias, tanto as lojas como a praça de alimentação irão funcionar no período das 12h às 20h.

De acordo com a ALPS, a medida segue “orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), senão também orientações das autoridades públicas do Estado e do município, que preveem diminuir os impactos do avanço do ‘coronavírus’ no País”. Esse novo horário era o praticado aos domingos e feriados.

“Desta forma, ALPS está agindo de maneira responsável e patriótica, com respeito e foco exclusivo no bem-estar do próximo, objetivando a conscientização e a preservação da saúde de todos os lojistas, clientes, colaboradores, prestadores de serviços e todos os envolvidos, direta ou indiretamente, nas atividades do empreendimento”, encerrou a nota.

O presidente da ALPS, José Ceballlos Albanez, informou que a mudança no horário do Paulínia Shopping será inicialmente pelo prazo de 15 dias, de acordo com a recomendação da Associação Brasileira de Shopping Centers, divulgada na última quarta-feira (17).

Já a rede Top Cineplex informou a suspensão temporária das atividades em suas duas salas de cinema no Paulínia Shopping a partir desta quinta-feira (19) em cumprimento a recomendação do governo do Estado.

Em Campinas, os shoppings Iguatemi, Parque D. Pedro, Galleria, Campinas e o Parque das Bandeiras anunciaram o fechamento ao público e a suspensão temporária das atividades a partir desta quinta (19) e, na maioria dos casos, até 30 de abril. Em alguns ficarão mantidos serviços de entrega de restaurantes das praças de alimentação e o acesso da população a farmácias, supermercados, serviços de saúde, Poupatempo e Detran.

De acordo com dados informados pela Secretaria Municipal de Saúde, Paulínia, até as 18h desta quarta-feira (18), registrava oito casos suspeitos da doença e nenhum confirmado. Já a região tinha quatro casos confirmados: três em Campinas e um em Jaguariúna. A cidade de São Paulo já anunciou quatro mortes pelo Covid-19.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.