Ir para conteúdo

[Política]
Reunião na Câmara discute problemas enfrentados no transporte escolar

Encontro foi realizado após convocação da secretária interina de Transportes, Luciana Marinho, e de Danilo Barros, secretário de Governo

13 mar 2020 – 21h10
Secretários, vereadores e representantes das empresas de ônibus escolar em reunião (Foto: Divulgação)

Os problemas enfrentados no transporte escolar de Paulínia foi tema de reunião na manhã desta sexta-feira (13), na Câmara de Paulínia. Na mesma mesa, estiveram sentados representantes das empresas Rápido Sumaré, Sancetur e STP (Smile), vereadores, a secretária interina de Transportes, Luciana Marinho, e Danilo Barros, secretário municipal de Governo. Nenhuma medida efetiva foi anunciada após o encontro nem um prazo fixado para melhorar de uma vez por todas a prestação do serviço na cidade.

Durante a reunião os vereadores apresentaram os problemas relatados a eles por pais, responsáveis e alunos da rede municipal e estadual que utilizam o serviço. Os parlamentares também puderam ouvir dos membros do governo municipal as medidas que estão sendo tomadas para resolver os problemas existentes desde o dia 2 de março, quando as novas empresas começaram a operar o transporte escolar.

“Nossa força-tarefa incluí o trabalho em conjunto com o Legislativo. Esse encontro foi importante para que possamos esclarecer tudo que já foi feito e o que está sendo feito para que possamos normalizar toda operação”, disse a secretária interina Luciana Marinho. A reunião foi realizada após convocação dela e de Danilo Barro, para que comparecessem à Câmara.

Participaram da reunião, com perguntas e cobrança de medidas, os vereadores Fábio Valadão (PRTB), Tiguila Paes (Cidadania), Edilsinho Rodrigues (PSDB), Daniel Muller (PL), Fábia Ramalho (PMN), Flávio Xavier (DC) e José Soares (Republicanos), Manoel Filhos da Fruta (PCdoB) e Marcelo Souza (PRTB). A diretora-geral da Câmara, Geise Piva Vilela, representou o presidente do Legislativo, Loira (DC). Os demais parlamentares encaminharam assessores como representantes.

Em um boletim divulgado nesta quinta-feira (12), a Prefeitura divulgou as medidas que foram realizadas desde o último dia 5 na tentativa de normalizar a operação do transporte escolar. Confira abaixo:

1) Nos primeiros dias foram feitas análises de toda situação;

2)  Colaboradores da Administração estiveram nas unidades escolares para acompanhar o embarque e desembarque dos alunos nos períodos da manhã e da tarde. Todos mantinham contato com a Secretaria de Transportes. O ato ainda está acontecendo nas unidades onde os problemas persistem;

3) Todas as informações colhidas nas unidades escolares e também as queixas registradas via telefone ou pessoalmente na Secretaria de Transportes, foram compiladas;

4) No sábado, 7, houve uma reunião entre as empresas Rápido Sumaré e STP (Smile), onde as informações reunidas foram apresentadas para que ambas tomassem as providências devidas;

5) Motoristas e monitoras estão sendo fixadas nas rotas;

6) Na sexta-feira, 6, houve troca no comando da Secretaria Municipal de Tranportes com a nomeação da servidora municipal Luciana Marinho, para o cargo de secretária interina, sendo a primeira mulher a ocupar o cargo;

7) Foi aberto procedimento para apurar irregularidades no transporte escolar;

8) Servidores de outras secretarias foram deslocados para atender o público seja via telefone ou pessoalmente;

9) A Prefeitura abriu procedimento contra a empresa contratada para realizar o estudo que serviu como base para o processo licitatório, para apurar as inconsistências nas informações;

10) A Secretaria de Educação autorizou o abono das faltas dos alunos que não compareceram à escola em virtude de problemas no transporte escolar

Após essa série de medidas, a Prefeitura de Paulínia informa:

1) O transporte do Ensino Fundamental, Médio e Técnico está em fase avançada de adequação, estando a entrada da manhã quase normalizada, e os demais atendimentos estarão se normalizando nos próximos dias;.

2) O retorno dos alunos que estudam de manhã e à tarde nos próximos dias estará ok;

3) É fundamental que os pais ou responsáveis cujos filhos continuam não sendo atendidos, registrem suas reclamações;

4) Pedimos novamente desculpas a toda população pelos transtornos causados;

5) Seguimos trabalhando em busca de garantir um serviço de qualidade.

Abaixo seguem os telefones disponíveis para atendimento:

(19) 3939-7012, 3939-7013, 3939-7014 e 156.”

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.