Ir para conteúdo

[Baixa]
Carreira é exonerado do cargo de secretário de Transportes de Paulínia

Em seu lugar, prefeito Du Cazellato (PSDB) nomeou interinamente Luciana Marinho; cidade vive crise no transporte público municipal e escolar

6 mar 2020 – 23h11
Carreira e Du Cazellato vistoriaram ônibus da Terra um dia antes dela começar a operar em Paulínia (Foto: Divulgação)

Antonio Carlos Amante Carreira não é mais secretário de Transportes de Paulínia. Sua exoneração foi publicada na edição extra desta sexta-feira (6) do Semanário Oficial do Município.

No lugar de Carreira, o prefeito Du Cazellato (PSDB) nomeou interinamente Luciana Marinho, servidora municipal de carreira lotada na Secretaria Municipal de Transportes.

O governo municipal não esclareceu até a publicação deste texto as razões que levaram à exoneração de Carreira. O ex-secretário também não se manifestou. Essa é a primeira baixa do secretariado de Du Cazellato em cinco meses de governo.

Desde quando assumiu o cargo de secretário municipal de Transportes, Carreira se viu às voltas com duas crises na área de transportes em menos de dois meses.

A primeira teve início no último dia 11 de janeiro com a troca da empresa do transporte público municipal urbano e rural de passageiros.

Após 37 dias de transição, a Terra Auto Viação assumiu o serviço na cidade e teve sua estreia marcada por confusão, placas com itinerários do Rio de Janeiro, atrasos, falhas mecânicas, sujeira e reclamações por parte de quem conseguiu utilizar os ônibus. Até hoje há reclamações dos passageiros.

A crise mais recente começou na segunda-feira passada, dia 2. Depois da transição de 15 dias, as empresas de ônibus Rápido Sumaré, S.T.P. Mobilidade Eireli e Sancetur começaram a transportar 14,9 mil alunos dos ensinos Infantil, Fundamental, Médio, Técnico e Educação para Jovens e Adultos (EJA).

Novamente, o primeiro dia do serviço foi um caos na cidade: alunos, pais e responsáveis ficaram a ver navios nos pontos, chegaram atrasados nas unidades de ensino ou precisaram recorrer a caronas para voltar para casa. Até esta sexta-feira o serviço não havia sido normalizado na cidade.

A Prefeitura criou uma força-tarefa para tentar colocar o transporte escolar de volta aos eixos. Mas antes disso, Carreira acabou exonerado do cargo.

Quem é

Às 23h45, a Prefeitura informou que a secretária interina de Transportes, Luciana Marinho, é servidora municipal, advogada, com pós graduação em Gestão Pública Municipal. Já atuou como pregoeira, em comissões de sindicância, nas secretarias municipais de Chefia de Gabinete, Cultura e Negócios Jurídicos, onde desempenhou atribuições em contratos, consultoria e no diálogo com o Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP).

Conforme a Prefeitura, durante toda esta sexta-feira (6) Luciana Marinho esteve na Secretaria Municipal de Transportes se interiando das operações. “É primeira mulher a ocupar este cargo na Secretaria Municipal de Transportes.”

No final da tarde deste sábado (7), Du Cazellato divulgou um vídeo falando do transporte escolar no município.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.