Ir para conteúdo

[Folga]
Mais de 15 mil alunos da rede municipal ficam em casa nesta segunda-feira

Prefeito Du Cazellato decretou ponto facultativo no ‘Dia do Funcionário Público’; somente os serviços essenciais e de emergência irão funcionar normalmente

27 out 2019 – 5h30
Creche ‘Padre José de Anchieta’, da rede municipal de ensino, no bairro Nova Paulínia (Foto: Divulgação)

Cerca de 15,5 mil alunos da rede municipal de ensino de Paulínia vão ficar em casa nesta segunda-feira (28), quando se comemora o “Dia do Funcionário Público”. O prefeito Du Cazellato (PSDB) decretou ponto facultativo na cidade e apenas serviços considerados essenciais e de emergência irão funcionar no primeiro dia útil da semana.

O Decreto nº 7.682, do último dia 21 de outubro, que instituiu o ponto facultativo em repartições públicas do Município nesta segunda-feira, foi publicado na edição desta quinta-feira (24) do Semanário Oficial de Paulínia. Creches, escolas municipais, escolinhas de esportes e Unidades Básicas de Saúde (UBSs) fecharam no final do expediente desta sexta-feira (25) e reabrirão na manhã desta terça (29).

O decreto exclui do ponto facultativo as atividades consideradas essenciais à população e os serviços de emergência. Portanto deverão funcionar normalmente nesta segunda-feira a Defesa Civil, Guarda Municipal, Pronto-Socorro e Hospital Municipal, além da coleta de lixo e varrição de vias públicas.

Serviços públicos e repartições estaduais também não funcionarão no “Dia do Funcionário Público”. Unidades como do Poupatempo e do Detran reabrirão na terça-feira (29), no horário habitual, para atendimento ao público. O decreto com a suspensão das atividades foi publicado no último dia 9, no Diário Oficial do Estado de São Paulo. Funcionam nesta segunda as atividades consideradas essenciais, como das polícias, Corpo de Bombeiros e de água e esgotos.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.