Ir para conteúdo

[Resgate]
Defesa Civil e Corpo de Bombeiros capturam jacaré no João Aranha

Animal seria o mesmo já flagrado fora da lagoa e passeando pelas ruas do bairro; foi levado e solto no Mini Pantanal, no Parque da Represa

13 out 2019 – 13h15
Jacaré capturado acabou solto na área do ‘Mini Pantanal’, que fica localizado no Parque da Represa (Foto: Divulgação)

ADefesa Civil e o Corpo de Bombeiros capturam um jacaré acostumado a sair da lagoa da Praça Waldemar Perissinoto e a passear pelas ruas do bairro João Aranha, em Paulínia. “Foi levado e solto no ‘Mini Pantanal’ (no Parque da Represa), que é seu habitat natural, preservando assim também a integridade do animal”, anunciou o prefeito Du Cazellato (PSDB).

O jacaré capturado seria o mesmo filmado no último dia 20 de setembro pela engenheira de software Joyce Carvalho, de 33 anos, em frente a um dos portões da Praça Waldemar Perissinoto, namorando a rua, por volta das 9h. Na sequência foi flagrado na rua em outro vídeo da população.

O jacaré, segundo o prefeito, “estava colocando em risco a segurança dos moradores e das crianças que frequentam a lagoa do João Aranha, e a creche ali instalada”, avaliou. “Parabéns a Defesa Civil e ao nosso Corpo de Bombeiros pelo belo trabalho.” A captura foi realizada no final da tarde deste sábado (12).

Du Cazellato não informou se novas capturas de jacarés acontecerão na Praça Waldemar Perissinoto. No local há diversos exemplares que costumam sair das águas para tomar sol e, segundo a população, buscar alimentos já que a lagoa estaria poluída e com a quantidade de peixes cada vez mais reduzida.

Jacaré fica parado perto da pista de caminhada da Praça Waldemar Perissinoto, no João Aranha (Foto: Divulgação)

A presença de jacarés na Praça Waldemar Perissinoto é antiga, desde o princípio da formação do bairro João Aranha. Entretanto a área pública também é utilizada por jovens adultos e crianças para atividades de lazer e práticas esportivas. No mesmo local ainda funciona a Creche Antonia Joana Barsi Ferrari.

A Secretaria Municipal de Defesa e Desenvolvimento do Meio Ambiente (Seddema) informou nesta segunda-feira (14) que entre cinco e oito jacarés vivem na lagoa do João Aranha. Ressaltou que a remoção do animal no sábado (12) foi possível devido ele estar no momento de sua captura fora de seu habitat.

A Seddema informou ainda que há um projeto em andamento para cercar todo o espaço, evitando que os animais circulem pelas ruas próximas e áreas de lazer do local. “Um estudo também deverá ser realizado para definir qual manejo será utilizado para a remoção dos outros jacarés da lagoa.

Em relação à denúncia da população de existência de poluição nas águas da lagoa do João Aranha, a Prefeitura de Paulínia destacou que o contrato com a Sabesp, responsável pelo saneamento básico na cidade, está em fase de renovação e cabe a ela responder sobre a questão.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.