Anúncios
Ir para conteúdo

[Energia]
CPFL faz operação contra ‘gatos’ em Paulínia e mais nove cidades

Com apoio da Polícia Civil, companhia realizou inspeções em 19 unidades consumidoras de uma rede estadual de venda de salgados

9 out 2019 – 21h24
As fraudes e furtos de energia elétrica são crimes previstos no Código Penal brasileiro (Foto: Divulgação)

ACPFL Paulista realizou nesta quarta-feira (9) uma operação de combate a fraudes e furtos de energia, os famosos “gatos”, em Paulínia e mais nove cidades de sua área de atuação. Em parceria com a Polícia Civil, a empresa inspecionou 19 unidades consumidoras que pertencem a uma grande rede de comercialização de salgados e alimentos.

Nos locais, a companhia encontrou ao todo 17 irregularidades. Durante a ação, foram registrados flagrantes e seis pessoas foram conduzidas a unidades policiais. As ocorrências foram localizadas em Paulínia, Americana, Campinas, Hortolândia, Sumaré, Valinhos, Piracicaba, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto e Américo Brasiliense.

Em Paulínia, uma franquia da rede foi vistoriada e localizada fraude. Ninguém foi preso. Veja no quadro abaixo detalhamento dos resultados da operação em cada município:

As fraudes e furtos de energia são crimes previstos no Código Penal, e a pena pode variar de um a quatro anos de detenção. São cobrados ainda dos fraudadores os valores das tarifas referentes a todo o período em que ocorreu o roubo, acrescidos de multa.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) distribui para todos os consumidores, por meio das tarifas de energia elétrica, parte dos prejuízos causados pelas “perdas comerciais”, como são denominadas as irregularidades. Dessa forma, o prejuízo causado pela prática criminosa é compartilhado por toda a população.

Outra consequência negativa é a piora na qualidade do serviço prestado. As ligações clandestinas sobrecarregam as redes elétricas, deixando o sistema de distribuição mais suscetível às interrupções no fornecimento.

Risco

“Consumidores que cometem o crime também estão colocando em risco as suas vidas e da população”, disse o gerente de serviços comerciais da CPFL Energia, Pedro de Aro. Pessoas não habilitadas que tentam manipular o medidor de energia ou realizar ligação direta na rede podem causar acidentes graves, até mesmo fatais. “Por isso, reforçamos a importância do apoio da população ao denunciarem suspeitas de irregularidades.”

Clientes da CPFL Paulista podem contribuir para o combate às fraudes e furtos por meio dos canais disponibilizados pela concessionária. Denúncias podem ser realizadas pelo aplicativo “CPFL Energia”, disponível para todas as plataformas de dispositivos móveis, pelo site www.cpfl.com.br/fraude, ou pelo e-mail denunciafraude@cpfl.com.br.

Cerco

A distribuidora tem intensificado a fiscalização contra fraudes e furtos de energia nos 234 municípios qua atende no Interior de São Paulo. Esse resultado é fruto da maior assertividade do trabalho desenvolvido pela Diretoria Comercial do Grupo CPFL, que adotou novas tecnologias e mais inteligência em seus processos de monitoramento e análise.

Deste modo, a companhia consegue preventivamente identificar possíveis variações no consumo de energia que indiquem perdas comerciais. Além dos investimentos em processos, o grupo também tem trabalhado em conjunto com os órgãos públicos e as autoridades policiais para coibir a prática de fraudes e furtos.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia
Anúncios

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.