Anúncios
Ir para conteúdo

[Suplementar]
Paulínia volta a ter prefeito eleito após 11 meses de governo interino

Vereador Du Cazellato e Sargento Camargo serão diplomados e empossados nesta sexta-feira no Cartório Eleitoral e na Câmara Municipal

4 out 2019 – 9h52
Du Cazellato comandará a Prefeito no mandato-tampão até 31 de dezembro de 2020 (Foto: Divulgação)

Após cerca de 11 meses de governo interino, Paulínia passa a partir desta sexta-feira (4) a ter novamente um chefe do Executivo eleito nas urnas. O vereador Du Cazellato (PSDB) será diplomado prefeito às 14h no Cartório Eleitoral; e às 16h tomará posse do cargo na Câmara Municipal.

Du Cazellato foi eleito prefeito de Paulínia no pleito suplementar do último dia 1º de setembro. Ele e seu vice-prefeito Sargento Camargo (PSDB) receberam 13.119 votos. Derrotaram nas urnas Nani Moura (MDB), com 11.211; e Tuta Bosco (PPS), 9.485. Brancos, nulos e ausentes somaram 24.515.

Neste mandato 2017/2020, Paulínia já registra uma média de um prefeito para cada ano: Dixon Carvalho, entre 1º de janeiro de 2017 e 7 de novembro de 2018; Du Cazellato, do dia 7 de novembro de 2018 a 23 de janeiro deste ano; Loira, de 23 de janeiro até este dia 4 de outubro; e novamente Du Cazellato, para o mandato-tampão a partir desta sexta-feira até 31 de dezembro de 2020.

Agora, o tucano terá pouco mais de um ano de mandato para enfrentar desafios como acabar com a falta de remédios na rede municipal de saúde; com as filas de exames por causa de equipamentos quebrados ou sucateados; com os nós no trânsito da cidade; e restabelecer a estabilidade política no município.

A série de mudanças forçadas na cadeira principal do “Palácio Cidade Feliz” já dura 10 anos (veja a lista abaixo). Teve início em 2009. De lá para cá, esta será a 17ª troca de comando na Prefeitura, entre prefeitos eleitos, empossados pela Justiça e interinos, por curtos períodos, sempre na base de disputas judiciais.

Durante a campanha, Du Cazellato prometeu em um mês realizar as compras de remédios; promover mutirões de cirurgias, exames e consultas para zerar a fila nessas áreas; entregar uniformes e materiais escolares no início do ano; em três meses iniciar a construção da nova ponte do João Aranha; e colocar entre suas prioridades a licitação pública para concessão do serviço de transporte coletivo de passageiros em Paulínia.

Com Du Cazellato assumindo a Prefeitura, também haverá mudanças na composição da Câmara Municipal. Loira retorna para a Presidência da Mesa Diretora e Zé Coco (PV), para a vice. O professor Luciano Ramalho, que estava no lugar de Loira, volta a ser suplente de vereador. Já a cadeira de Du Cazellato no Legislativo paulinense passa ser de novo do suplente Marcelo Souza (PRTB).

As mudanças

1) José Pavan Júnior (DEM), de 1º de janeiro de 2009 a 20 de julho de 2009, prefeito eleito cassado por decisão judicial.

2) Marquinhos Fiorela (PP), de 21 de julho de 2009 a 22 de julho de 2009, presidente da Câmara no cargo de prefeito interino.

3) José Pavan Júnior (DEM), de 22 de julho de 2009 a 31 de dezembro de 2012, prefeito reempossado judicialmente.

4) José Pavan Júnior (PSB), de 1º de janeiro de 2013 a 15 de julho de 2013, prefeito empossado por decisão judicial.

5) Edson Moura Júnior (PMDB), de 16 de julho de 2013 a 11 de abril de 2014, prefeito eleito empossado após decisão judicial.

6) Marquinhos Fiorela (PP), de 11 de abril de 2014 a 15 de abril de 2014, presidente da Câmara no cargo de prefeito interino.

7) Edson Moura Júnior (PMDB), de 15 de abril de 2014 a 30 de novembro de 2014, prefeito reempossado judicialmente.

8) Marquinhos Fiorela (PP), de 1º de dezembro de 2014 a 1º de dezembro de 2014, presidente da Câmara no cargo de prefeito interino.

9) Edson Moura Júnior (PMDB), de 1º de dezembro de 2014 a 4 de dezembro de 2014, prefeito reempossado judicialmente.

10) Marquinhos Fiorela (PP), de 4 de dezembro de 2014 a 10 de dezembro de 2014, presidente da Câmara no cargo de prefeito interino.

11) Edson Moura Júnior (PMDB), de 11 de dezembro de 2014 a 3 de fevereiro de 2015, prefeito reempossado judicialmente.

12) Sandro Caprino (PRB), de 4 de fevereiro de 2015 a 6 de fevereiro de 2015, presidente da Câmara no cargo de prefeito interino.

13) José Pavan Júnior (PSDB), de 6 de fevereiro de 2015 a 31 de dezembro de 2016, prefeito empossado por decisão judicial.

14) Dixon Ronan Carvalho (PP), de 1º de janeiro de 2017 a 7 de novembro de 2018, prefeito eleito cassado por decisão judicial.

15) Du Cazellato (PSDB), de 7 de novembro de 2018 a 23 de janeiro de 2019, presidente da Câmara no cargo de prefeito interino.

16) Loira (DC), de 23 de janeiro de 2019 até agora, presidente da Câmara no cargo de prefeito interino.

17) Du Cazellato (PSDB), eleito na eleição suplementar de 1º de setembro de 2019 e com previsão de posse até 4 de outubro de 2019.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia
Anúncios

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.