Ir para conteúdo

[Alliz]
Conchal recebe investimento de R$ 730 milhões no setor alimentício

Expectativa é gerar 12 mil empregos na região, impactando cerca de 30 municípios, como Paulínia; contratações começam em outubro

25 set 2019 – 12h45
Funcionários em uma das linhas de produção de frigorífico da Alliz, em Boituva (Foto: Divulgação)

OGrupo Zanchetta e o governo do Estado de São Paulo anunciaram nesta terça-feira (24) investimentos de R$ 730 milhões para a construção de um complexo industrial em Conchal. O empreendimento deve gerar 12 mil empregos na região, incluindo Paulínia. As contratações começam a partir de outubro.

O projeto representa o maior investimento privado do setor no âmbito do Polo de Alimentos e Bebidas em São Paulo neste ano. A nova planta da Alliz, marca do Grupo Zanchetta, empregará até 3 mil trabalhadores diretos e deve gerar outros 9 mil empregos indiretos. O início das contratações está previsto para outubro deste ano, segundo os investidores.

A Alliz é uma empresa brasileira que atua no segmento de produtos alimentícios. O complexo frigorífico em Boituva, instalada em uma área com 420 mil metros quadrados, centraliza todas as etapas da cadeia alimentícia e gera aproximadamente 2,9 mil empregos diretos. A empresa se tornou referência nacional na tecnologia de processamento de aves.

O novo empreendimento em Conchal contará com um complexo de criação e processamento de aves; fábricas de ração, farinhas e óleos, produtos industrializados; frigorífico e tratamento de água, centralizando todas as etapas da cadeia alimentícia.

De acordo com o governo do Estado e o Grupo Zanchetta, o investimento impactará cerca de 30 municípios da região, criando oportunidades de emprego não apenas em Conchal, mas também nas proximidades de distritos e cidades de:

  • Paulínia;
  • Água Espraiada;
  • Aguaí;
  • Ajapi;
  • Analândia;
  • Araras;
  • Artur Nogueira;
  • Campo Alto;
  • Carandina;
  • Cordeirópolis;
  • Corumbataí;
  • Cosmópolis;
  • Engenheiro Coelho;
  • Estiva Gerbi;
  • Holambra;
  • Ibicatu;
  • Itapira;
  • Jaguariúna;
  • Leme;
  • Limeira;
  • Martim Francisco;
  • Membeca;
  • Mogi Guaçu;
  • Mogi Mirim;
  • Pedreira;
  • Pirassununga;
  • Santa Cruz da Conceição; e
  • Santo Antônio de Posse.

“A InvestSP iniciou as conversas com a Zanchetta Alimentos em fevereiro deste ano”, afirmou o presidente da InvestSP, Wilson Mello. “Estamos muito felizes em saber que, pouco mais de seis meses depois, já podemos anunciar esse expressivo investimento no estado.”

“Esse é um projeto greenfield, ou seja, vamos começar do zero. Estamos trabalhando para que, em 24 meses, seja possível concluir as obras e iniciar as atividades, o que nos permitirá ampliar nossa presença no mercado doméstico e gerar excedentes para exportação”, afirmou o fundador e presidente do Grupo Zanchetta, José Carlos Zanchetta.

De acordo com o executivo, o novo complexo já nasce pensando em uma futura expansão. “Nosso objetivo é operar com mais linhas de produção, o que pode fazer com que a capacidade total da indústria alcance 380 mil aves por dia em dois anos”, complementou Zanchetta.

Cursos

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, por meio do Programa Minha Chance, oferecerá cursos de qualificação de mão de obra para produtores rurais, construção civil e operacional. A iniciativa atenderá as demandas do Grupo Zanchetta na região.

Além disso, para os produtores rurais e empreendedores locais, haverá financiamento competitivo pelo Fundo de Expansão do Agronegócio Paulista – o Banco do Agronegócio Familiar (Feap/Banagro), que apoia o desenvolvimento dos produtores rurais, pescadores artesanais, suas cooperativas e associações em todo o Estado, bem como pelo Banco do Povo e Desenvolve SP, que também oferecerão linhas de crédito.

Cooperação

O Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e a Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA) irão dar apoio à empresa alimentícia na cooperação técnica, tecnológica em processos, materiais, plásticos e adequação para exportação.

O objetivo dos Polos de Desenvolvimento é fomentar e incentivar o aumento da produtividade da indústria para atrair investimentos, impulsionar a inovação, além da geração de empregos e renda, otimizando na mesma região geográfica políticas públicas que impactam direta ou indiretamente o setor produtivo.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.