Ir para conteúdo

[Gastos]
TSE divulga prestação de contas de candidatos à eleição suplementar

Números disponíveis revelam valores arrecadados e quantias gastas pelas chapas que concorreram ao mandato-tampão em Paulínia

11 set 2019 – 14h35
Prédio do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), localizado em Brasília, no Distrito Federal (Foto: Agência Brasil)

Aprestação de contas dos candidatos que disputaram a eleição suplementar de Paulínia, no último dia 1º de setembro, começou a ser divulgada nesta quarta-feira (11) na página da internet do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Até as 14h35, havia informações referentes às campanhas de Du Cazellato (PSDB), eleito prefeito; e Nani Moura (MDB), segunda colocada.

Juntos os dois candidatos a prefeito gastaram cerca de R$ 900 mil em pouco menos de um mês de campanha eleitoral em Paulínia: Du Cazellato, R$ 448.900,0; e Nani Moura, R$ 444.225,78. A maior despesa de ambos os políticos se refere a pagamentos de pessoal, aproximadamente R$ 250 mil, ao todo.

No ranking de doadores, aparece em primeiro lugar a quantia de R$ 40 mil para a campanha de Du Cazellato. Já Nani Moura conseguiu de um único CPF o valor de R$ 350 mil para financiar sua corrida à Prefeitura. Os dois candidatos contaram com um total de recursos recebidos de quase R$ 1 milhão.

Confira aqui a prestação de contas dos candidatos:

O Diretório do PT de Paulínia informou nesta quarta-feira que entregou às Justiça Eleitoral a prestação de contas de seu candidato Custódio Campos na eleição suplementar. Os dados ainda não estão disponíveis no site do TSE, assim como os de Ângela Duarte (PRTB); Capitão Cambuí (PSL); Coronel Furtado (PSC); Loira (DC); Marcelo Barros (PSOL); e Tuta Bosco (PPS).

O prazo para apresentação das contas termina nesta quarta-feira. Assim que o TSE divulgar os números faltantes, o portal Paulínia 24 Horas Notícia atualizará a informação com o link correspondente a cada candidato. Quem não prestar contas fica impedido de obter certidão de quitação eleitoral e participar de novos pleitos.

No último dia 1º, Du Cazellato foi eleito prefeito para o mandato-tampão que vai até o dia 31 de dezembro de 2020. Ao lado de seu vice, Sargento Camargo (PL), obteve 13.119 votos. Em segundo lugar ficou Nani Moura, com 11.211; e em terceiro, Tuta Bosco, 9.485. Brancos, nulos e ausentes somaram 24.515. Ele toma posse no próximo dia 7.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.