Ir para conteúdo

[Saúde]
Mulher de 32 anos do João Aranha é o sexto caso de sarampo

Número de notificações da doença sob investigação também subiu para 19 em Paulínia, segundo o que informou a Prefeitura nesta quarta

4 set 2019 – 20h27
Casos de sarampo estão pipocando em todo o País, mas a maioria no Estado de São Paulo (Foto: Divulgação)

Onúmero de pessoas com sarampo em Paulínia continua crescendo. A Prefeitura confirmou o sexto caso positivo nesta quarta-feira (4). Trata-se de uma mulher de 32, vacinada e que mora no bairro João Aranha.

Até terça-feira (3), eram cinco casos confirmados e 18 em investigação em Paulínia. Confira a idade e onde moram os infectados com a doença:

  • uma mulher de 32 anos, vacinada e residente no bairro João Aranha;
  • um menino de 3 anos, que estava vacinado e é morador do bairro Flamboyant;
  • outro menino de 3 anos, também vacinado e que reside no Jardim Leonor;
  • uma menina de ano, não estava vacinada, moradora do bairro Morumbi;
  • menina de 11 meses, não vacinada, do bairro Bom Retiro;
  • menina de 10 meses, não vacinada, do Jardim América.

Os casos de sarampo estão pipocando em todo o País, mas a maioria no Estado de São Paulo, que neste ano, até o momento, registra 2.982 ocorrências. A região tem 67 infectados. Campinas é a cidade com maior número: 27.

O Ministério da Saúde anunciou nesta quarta-feira (4) que os casos de sarampo no Brasil totalizam 2.753 desde junho, quando um novo surto da doença teve início. Segundo secretário de Vigilância em Saúde da pasta, Wanderson Kleber de Oliveira, é importante separar os dados do surto atual dos números daquele que ocorreu no início do ano na região Norte do País, que durou até maio.

“Esses dados são colocados separadamente, pois estamos trabalhando com surtos ativos, com cadeias ativas”, explicou Oliveira. Um dado consolidado, unificando os dois momentos da doença no Brasil ao longo do ano, deve ser divulgado na semana que vem.

Paulínia está incluída na lista do Ministério da Saúde de municípios em situação de surto ativo de sarampo. Mas desde o último dia 25, a Secretaria de Estado da Saúde orienta os pais e responsáveis a vacinar contra o sarampo as crianças de seis meses a menores de 1 ano que residem nas 645 cidades paulistas.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.