Ir para conteúdo

[Fisco]
Prefeitura faz recadastramento de empresas e prestadores de serviços

Atualização de dados deve ser realizada por microempreendedor individual, prestador de serviços, comerciante e empresário em geral

3 set 2019 – 20h56
Reprodução da página inicial do recadastramento online oferecido neste ano (Foto: Divulgação)

APrefeitura de Paulínia deu início nesta semana ao recadastramento anual dos contribuintes com MEI (Microempreendedor Individual), prestadores de serviços, comércios, e empresas em geral estabelecidas no município. O prazo termina no próximo dia 4 de novembro.

A novidade neste ano é o serviço de recadastramento online. Desta vez, os contribuintes podem fazer de qualquer lugar, acessando o site https://portal.icadonline.com.br/index.cfm?pid=3185. A atualização dos dados deverá facilitar todo o controle fiscal, de acordo com a Prefeitura. O recadastramento atende o decreto nº 7615/2019, do último dia 22.

Conforme o decreto,

  • As pessoas jurídicas e a essas equiparadas, estabelecidas no Município de Paulínia, que exerçam atividades previstas na Classificação Nacional de Atividades Econômicas – CNAE, assim como os profissionais autônomos e liberais que exerçam atividades previstas na Classificação Brasileira de Ocupações – CBO, estão obrigadas a realizar o recadastramento de seus dados junto ao Cadastro Mobiliário Municipal, através do portal de Paulínia: “www.paulinia.sp.gov.br”, acessando link – “Serviços Online”, a opção “Empresa Fácil”, e o ícone “RECADASTRAMENTO“.

Para o secretário municipal dos Negócios da Receita de Paulínia, José Luis Braga, o sistema online vai facilitar todo o trabalho que até então era feito presencialmente na sede da Pasta, que fica no Paço Municipal de Paulínia “Palácio Cidade Feliz”, e todo o processo organizado de forma manual.

O cadastro é feito anualmente, de acordo com o Código Tributário do Município, onde o contribuinte atualiza as informações e paga as taxas de acordo com localização e área de funcionamento. No sistema existem cerca de 7 mil empresas cadastradas entre ativas, suspensas e MEI.

“Esse recadastramento vai funcionar para atualizar nosso sistema, saber quantas empresas têm de fato no município, quantas fecharam e, assim nortear planos e atualizar dados do Fisco”, explicou Braga.

Os contribuintes precisam estar devidamente regularizados para a emissão de notas fiscais. As empresas que não realizarem o cadastramento sofrerão suspensão das atividades por 60 dias e poderão ter a Inscrição Municipal encerrada.

Mais informações podem ser obtidas por meio do telefone (19) 3874-5699.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.