Anúncios
Ir para conteúdo

[Política]
Tiguila Paes é restabelecido no cargo de vereador de Paulínia

Ele foi afastado do mandato no último dia 3 de junho pela Justiça local acusado com outras 10 pessoas de atentado contra a liberdade de trabalho

23 ago 2019 – 20h12
Tiguila Paes (PPS) consegue retomar sua cadeira na Câmara de Vereadores de Paulínia (Foto: Divulgação)

Overeador Tiguila Paes (PPS) foi reconduzido ao cargo de vereador nesta sexta-feira (23) pela Câmara de Paulínia. Ele havia sido afastado pela Justiça local no último dia 3 de junho e conseguiu um habeas corpus no Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) no dia 20 passado.

O restabelecimento do mandato de Tiguila Paes foi confirmado pela assessoria da Câmara Municipal no final da tarde desta sexta-feira. Com a volta do vereador, Ney da Van (PMN) retorna para a suplência do Poder Legislativo de Paulínia.

Tiguila Paes foi afastado da Câmara pelo juiz da 2ª Vara Criminal de Paulínia, Bruno Luiz Cassiolato. O vereador e mais 10 pessoas, entre elas o ex-secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Elizaman Jesus Lopes, o Carioca, são réus na ação que apura eventual associação criminosa para forçar terceirizadas da Replan a contratar somente pessoas indicadas pelo grupo.

Para o relator do caso no TJ-SP, o desembargador Leme Garcia, há “ausência de elementos que demonstrem que ele (Tiguila Paes) está se utilizando da função pública para prática de ilícitos”. O colegiado da 16ª Câmara de Direito Criminal acompanhou o voto do relator. O processo ainda corre na Justiça de Paulínia.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia
Anúncios

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.