Ir para conteúdo

[Suplementar]
Du Cazellato fala o que pretende fazer caso eleito dia 1º de setembro

Vereador licenciado concorre a prefeito, tendo como vice Sargento Camargo, na eleição fora de época que vai ocorrer em Paulínia

20 ago 2019 – 11h
Sargento Camargo e Du Cazellato em discurso de campanha da chapa do PSDB/PL (Foto: Divulgação)

Ocandidato a prefeito pelo PSDB, Du Cazellato, na eleição suplementar de 1º de setembro, em Paulínia, é o terceiro prefeiturável a participar da série de reportagens do Portal Paulínia 24 Horas Notícia. Nela o vereador licenciado, que tem como vice o Sargento Camargo (PSDB), conta o que pretende fazer caso seja eleito para o mandato-tampão que vai até o dia 31 de dezembro de 2020.

O texto com Du Cazellato vai ser publicado nesta terça-feira (20) porque os candidatos a prefeito Coronel Furtado (PSC) e Custódio Campos (PT) não responderam até aqui a reportagem. Assim que o fizerem terão seus espaços garantidos no Portal Paulínia 24 Horas Notícia.

Desde domingo (18), o Paulínia 24 Horas Notícia revela o que pretendem os prefeituráveis de Paulínia por ordem alfabética dos nomes como os candidatos são mais conhecidos na cidade. O primeiro texto foi com Ângela Duarte que tem como vice Paula Benites. As duas são do PRTB. Segunda-feira (19) foi a vez do Capitão Cambuí que compõe chapa com Júlio César Peluque, ambos do PSL.

Será uma reportagem por dia, com as mesmas 12 perguntas para os nove prefeituráveis.

A eleição fora de época em Paulínia vai ocorrer por causa da cassação do prefeito Dixon Carvalho (PP) e de seu vice Sandro Caprino (PRB) por abuso de poder econômico nas eleições municipais de 2016. Desde novembro do ano passado, a cidade é comandada por prefeitos interinos.

Paulínia 24 Horas Notícia – De que forma o candidato vai acabar com a falta de remédios na rede pública de saúde de Paulínia e quanto tempo precisará para isso?

Du Cazellato – Após a apuração real da situação, vamos realizar quantos pregões forem necessários para suprir a falta de medicamentos. Mas a solução definitiva virá com a informatização que faremos no setor. O tempo do pregão é rápido, depende do edital e se não houver recursos de empresas participantes em um mês já é possível realizar a compra.

O candidato sabe quais equipamentos utilizados para a realização de exames estão quebrados na rede municipal de saúde? Qual o prazo que precisa para deixá-los tudo em ordem e começar a zerar a fila de espera dos exames?

Essa é outra questão que necessita de ação imediata. Nós iremos realizar os Mutirões da Saúde. Serão realizados o Mutirão de Cirurgias, o Mutirão de Exames e o Mutirão de Consultas. Nosso objetivo é chegar a praticamente zero o tempo de espera desses serviços. Paralelamente vamos atacar os outros problemas. Nós vamos fazer duas UPA’s 24 horas na cidade. Uma no São José e outra na região do Monte Alegre. Quanto estava prefeito já havia iniciado a conversa com o governo. Recentemente essa conversa foi retomada para realizarmos uma parceria nessa construção e já temos praticamente o aval para fazermos. Isso vai aliviar em muito o nosso hospital e melhorar a saúde na cidade.

Em quanto tempo o candidato planeja colocar para funcionar a parte nova do Hospital Municipal de Paulínia “Vereador Antônio Orlando Navarro”?

Seria leviano da minha parte cravar hoje, sem informações precisas, a data para iniciar a parte nova do Hospital.

Os uniformes e os materiais escolares serão entregues em 2020 no início do ano letivo?

É nossa intenção que seja entregue no tempo certo. Aliás nós iremos trabalhar incansavelmente para acabar com essa desordem que existe na cidade. Como pretendo trabalhar com pessoas de Paulínia, assim como já fiz nos 76 dias que estive como prefeito, acredito que faremos o melhor para que tudo fique em ordem.

A terceirização da merenda escolar nas escolas e creches municipais continuará a ocorrer em Paulínia? O serviço será melhorado? De que forma?

Nós vamos buscar o que seja melhor para nossas crianças. Vamos analisar todos os contratos e ajustar em qualidade e economia. Nós vamos ter pessoas de Paulínia capacitadas para analisar o cardápio e o custo benefício. Após isso faremos os ajustes necessários.

Em sua gestão será mantida a contratação temporária de professores ou o candidato abrirá novo concurso público para a Educação?

Em primeiro lugar não pode faltar professor em nossas escolas. Em segundo lugar, assim como diz o nosso slogan de campanha: “Vamos cuidar de você e colocar Paulínia em ordem”. Isso quer dizer que pretendemos dentro da realidade financeira acabar com todas as precariedades que existem hoje na administração.

O que será feito desde o primeiro dia de seu governo para destravar o trânsito na região central e em direção ao bairro João Aranha no horário de pico da volta para casa? Quanto tempo precisará para resolver o problema?

Evidentemente que não há mágica para resolver de uma hora para outra essa questão do trânsito. Mas assumi um compromisso de, num prazo de três meses, iniciar a construção da Ponte do João Aranha. Em relação ao trânsito na cidade de um modo geral estive visitando várias cidades que adotaram medidas para melhorar a fluidez dos veículos, respeitando o pedestre. Vi que o trabalho executado partiu de um estudo do trânsito hoje e como ele ficaria num prazo futuro com o aumento da frota. A partir daí as soluções serão encontradas. Existem empresas especializadas para esse tipo de estudo. Não dá mais para tomar medidas por conta própria. É preciso pensar globalmente a cidade. Em paralelo vamos continuar agindo pela duplicação da rodovia que liga Paulínia até a Anhanguera. O trabalho começou enquanto estive vereador e vai continuar no Executivo.

Como o candidato ajustará os gastos da Prefeitura com pessoal, conforme os limites da Lei da Responsabilidade Fiscal (LRF)? O abono salarial será incorporado ao salário dos servidores e aposentados? Como?

Quando assumi a Prefeitura, os gastos estavam acima da Lei de Responsabilidade Fiscal. Cortei cerca de 300 cargos comissionados para gerar um equilíbrio financeiro. Encaminhei uma reforma administrativa que privilegiava os servidores efetivos e gerava uma economia de mais de 22 milhões de reais. Acredito em planejamento, acredito que medidas sérias podem ser duradouras e beneficiar melhor os servidores, sem prejuízo de seus vencimentos e nem tampouco dos serviços prestados à comunidade.

De que forma o candidato aumentará a capacidade de investimento da Prefeitura em serviços de interesse público?

Aqui em Paulínia os políticos tem fama de sumir com o dinheiro. Eu fiz esse dinheiro aparecer. Na Presidência da Câmara consegui devolver para a Prefeitura cerca de 10 milhões de reais. Na Prefeitura encontrei no caixa, cerca de 21 milhões de reais. Quando saí, depois de 76 dias, deixei um caixa de mais de 132 milhões de reais. Então tem jeito, mas é preciso ter experiência para fazer e querer fazer para as pessoas e não para si, como tem sido a história de nossa cidade. Nós vamos devolver à Paulínia o orgulho de se viver aqui. O meu compromisso é tirar Paulínia das páginas policiais e colocá-la nos primeiros lugares em coisas boas.

O candidato promoverá uma auditoria em contas e contratos da Prefeitura de Paulínia para responsabilizar eventuais mau uso ou desvio do dinheiro dos contribuintes? Em qual período?

Isso será feito no dia a dia. Não para responsabilizar alguém, mas para ter condições de administrar corretamente. Quando estive lá, montei uma equipe que vinha revisando cada contrato existente na Prefeitura e em dois meses, renegociei o que pude, gerando economia ao município sem causar prejuízo aos serviços prestados. Então é fundamental que façamos um estudo em todos os contratos para que possamos recuperar o tempo perdido de Paulínia.

Quanto tempo o candidato precisará para realizar uma nova licitação pública para concessão do serviço de transporte coletivo de passageiros em Paulínia, atendendo a determinação do Ministério Público de 2015?

Quando estive na Prefeitura deixei a nova licitação do transporte público, praticamente, encaminhada para ser realizada. Por razões que desconheço a licitação foi interrompida. Então assim que assumir a Prefeitura, caso seja eleito, esta será uma de nossas prioridades.

Qual a maior inovação que o candidato trará durante sua gestão para Paulínia?

Nossas prioridades serão resolver os problemas sérios da saúde, da segurança e a questão do emprego. No entanto, eu acredito que mais importante do que a inovação é realizar uma administração baseada em valores que ficaram distante das administrações em nossa cidade: transparência, seriedade, honestidade, atitudes para enfrentar as situações adversas. Enfim, a bagunça em nossa cidade tem nome e sobrenome e nós queremos varrer a corrupção para bem longe de Paulínia. Nós queremos resgatar a moral de nossa cidade. Como eu já disse colocá-la em primeiro lugar em qualidade de vida e assim tirar Paulínia das páginas policiais. Nossa gente já não aguenta mais tanta bagunça. Eu, o Sargento Camargo e nossa equipe vamos fazer Paulínia esquecer esse tempo perdido. Para isso preciso do voto de todos que vivem em nossa cidade e querem uma Paulínia diferente. Eu acredito que nossa cidade pode ser muito melhor do que ela é. Quero que as pessoas venham junto com a gente reescrever a história de nossa cidade.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.