Ir para conteúdo

[Educação]
Aluno da rede pública pode concorrer a bolsa de estudos na Itália

Interessados em participar de intercâmbio devem estar no 1º ou 2º ano do Ensino Médio; prazo para inscrição vai até dia 28 deste mês

16 jul 2019 – 5h30
Intuito do intercâmbio é promover novas experiências para jovens em fases decisivas da vida (Foto: Divulgação)

E

studantes do Ensino Médio da rede pública de São Paulo podem ganhar uma bolsa de estudos na Itália a partir de dezembro deste ano. A oferta é da AFS, organização não-governamental que promove intercâmbios no mundo todo e abriu inscrição para processo voltado aos estudantes paulistas.

Para participar, o jovem precisa estar no 1º ou 2º ano do Ensino Médio; ter nascido entre 28 de fevereiro de 2002 e 30 de agosto de 2004; possuir médias acima de 7 no boletim; e demonstrar, durante o processo seletivo, interesse em viver uma experiência intercultural. As inscrições estão abertas até o dia 28 de julho e podem ser feitas pelo site da AFS: www.afs.org.br.

“Sempre quis experimentar coisas novas, então o intercâmbio foi uma forma de sair da minha rotina, aprender coisas novas e conhecer pessoas que agregariam em minha vida”, disse o jovem Marcelo Augusto Ferreira Alves, de 16 anos, que mora em Osasco e ganhou o concurso em 2018. “Fiquei com uma família maravilhosa, me receberam muito bem e são pessoas sensacionais.”

O intuito do intercâmbio é promover novas experiências para jovens em fases decisivas da vida, ampliando o leque de escolhas para o futuro. Bolsistas integrais de escola particular também podem concorrer. “É fundamental que os jovens tenham essa experiência e possam conhecer mais culturas ao redor do mundo”, falou Caetano Siqueira, da Coordenadoria Pedagógica (Coped), órgão vinculado à Secretaria de Estado da Educação.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.