Ir para conteúdo

[Política]
Câmara adia votação de Comissão Processante contra Loira

Pedido de abertura de investigação por omissão ou negligência com a Saúde no município deverá ser apreciado no próximo dia 7 de maio

23 abr 2019 – 20h54
Parte dos vereadores de Paulínia durante a 7ª sessão ordinária da Câmara Municipal (Foto: Divulgação)

ACâmara de Paulínia adiou no início da noite desta terça-feira (23), antes mesmo do início da sessão, a votação do pedido de abertura de Comissão Processante (CP) e de cassação do prefeito interino Loira (DC) por eventual omissão ou negligência no trato com a Saúde no município. O documento, agora, será apreciado na próxima reunião ordinária, a 8ª do ano, no próximo dia 7 de maio.

O pedido de CP foi assinado pelos vereadores Danilo Barros (PR), Edilsinho Rodrigues (PSDB), Du Cazellato (PSDB), Fábia Ramalho (PMN) e Fábio Valadão (PRTB). Os cinco parlamentares acusam Loira de cometer infração política-administrativa ao se “omitir ou negligenciar na defesa de bens, rendas, direitos ou interesses do município sujeito à administração da Prefeitura”.

A Câmara de Paulínia informou por meio de nota que o pedido foi encaminhado para a Procuradoria do Legislativo para a emissão do parecer jurídico. De acordo com o comunicado, a decisão de pautar a votação na Ordem do Dia na 8ª Sessão Ordinária, marcada para o dia 7 de maio, está em consonância com o Regimento Interno desta Casa.

Conforme a Câmara, neste período de 15 dias, “se adotarão as providências necessárias para a convocação formal dos suplentes, a fim de que tomem ciência e conhecimento do inteiro teor da denúncia formulada (Processo nº 35.938 – com cerca de 892 páginas), tendo tempo hábil para poderem formar sua convicção e condições de proferir um voto consciente”.

Os suplentes de Danilo Barros, Edilsinho Rodrigues, Du Cazellato, Fábia Ramalho e Fábio Valadão deverão ser convocados porque, como autores da denúncia, os cinco titulares estarão impedidos de participar da votação para abertura de CP e de fazer parte da eventual comissão que poderá investigar o prefeito interino.

Suplentes

Os suplentes que serão convocados para votação da abertura de CP contra Loira são Sargento Camargo (PDT), no lugar de Danilo Barros; Gibi Professor (PRTB), no de Du Cazellato; Marcelo Souza (PRTB), no de Fábio Valadão; Maroca (PSDB), no de Edilsinho Rodrigues; e Nei do Transportes Escolar (PMN), no de Fábia Ramalho.

A Câmara também colocou a culpa nas obras que ocorrem desde o final do ano passado na Câmara para adiar a votação. “Conforme já divulgado pela Câmara, hoje as sessões plenárias ocorrem de forma provisória no Plenarinho, até a finalização da reforma do Plenário Principal que se dará no início de maio”, lembrou. “Dessa forma, para a próxima sessão tal ambiente poderá receber os munícipes e demais interessados, sem qualquer tipo de tumulto que possa colocar em risco a integridade física de todos os presentes.”

Sessão

Na 7ª reunião ordinária da Câmara de Paulínia, realizada na noite desta terça-feira, os vereadores não apreciaram nenhum projeto de lei, nem de iniciativa do Executivo como do Legislativo. Eles aprovaram 63 indicações ao prefeito interino (sugestões), 39 requerimentos solicitando informações diversas à Prefeitura e três moções (homenagens).

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.