Anúncios
Ir para conteúdo

Polícia fecha fábrica de perfumes falsos em Limeira

No local, investigadores acharam 7 mil frascos com rótulos de marcas como Ferrari, Laguna e Hugo Boss; outros 5 mil ainda eram manipulados

8 mar 2019 – 22h18
Vista geral da fábrica de perfumes falsos que funcionava em Limeira (Foto: Polícia Civil)

Uma fábrica com 12 mil frascos de perfumes falsos foi fechada nesta sexta-feira (8) pela Polícia Civil, em Limeira. No barracão que funcionava no Parque Hipólito havia embalagens de marcas como Hugo Boss, Laguna e Ferrari. Uma pessoa acabou presa.

A polícia investigava a fábrica há uma semana. Com mandado de busca e apreensão, policiais foram ao local e encontraram 7 mil frascos de perfumes falsos fechados e com rótulos de marcas famosas e outros 5 mil ainda sendo manipulados. Seis pessoas trabalhavam no barracão desmantelado pelos investigadores.

Os perfumes falsificados, conforme a polícia, eram vendidos em uma loja que funcionava no mesmo terreno da fábrica. O dono foi preso em flagrante. Ele irá responder na Justiça por crime contra a relação de consumo. Se condenado, poderá pegar até cinco anos de cadeia. A Vigilância Sanitária interditou o local.

Perfumes falsos embalados com marcas famosas e prontos para a venda (Foto: Polícia Civil)
Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia
Anúncios

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.