Ir para conteúdo

UBS do Cooperlotes começa a atender a população em 30 dias

Unidade Básica de Saúde, construída e equipada pelo Programa Saúde em Ação, do governo do Estado, foi entregue nesta terça-feira à Prefeitura

19 fev 2019 – 21h44
Obras de construção da UBS Cooperlotes tiveram início em julho de 2017 (Foto: Divulgação)

A Unidade Básica de Saúde do Cooperlotes (UBS), entregue oficialmente à Prefeitura de Paulínia nesta terça-feira (19), deverá começar a atender a população apenas dentro de 30 dias. O prédio foi construído pelo Programa Saúde em Ação, do governo do Estado de São Paulo, em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento e a Secretaria Municipal de Saúde.

A UBS do Cooperlotes tem 680 metros quadrados de área construída; seis consultórios, incluindo um odontológico; e salas de vacinas, inalação, medicamentos, de atividades coletivas, entre outras. Sua capacidade é de até 180 atendimentos por dia. De acordo com a Prefeitura, aproximadamente 30 pessoas vão trabalhar na nova unidade de Saúde do município.

O governo estadual e o Banco Interamericano de Desenvolvimento investiram R$ 3,5 milhões na construção e em equipamentos da UBS do Cooperlotes. A Prefeitura entrou com o terreno de 2,2 mil metros quadrados. Mais duas unidades Básicas de Saúde deverão ser entregues em Paulínia pelo mesmo Programa Saúde em Ação: a do Centro, no mês que vem; e a do Monte Alegre, no meio do ano.

A equipe da UBS do Cooperlotes também é capacitada por meio do Programa Saúde em Ação. “Hoje, recebemos o prédio físico, que em até 30 dias estará com profissionais qualificados e mais equipamentos para fazer a saúde básica, atuar na prevenção de doenças e em prol da qualidade de vida de nossa comunidade”, garantiu o secretário municipal de Saúde, Luís Carlos Casarin.

Casarin relatou que a UBS do Cooperlotes vai contribuir, inclusive, para evitar que pacientes tenham que ir ao Hospital Municipal de Paulínia “Vereador Antônio Orlando Navarro”. “Quando a saúde básica é bem feita, em unidades como essa, evitamos que muitos casos fiquem mais complicados e necessitem de tratamentos mais caros e complexos”, relatou.

A coordenadora da nova UBS é Adriana Baron. A unidade começou a ser construída em julho de 2017. “Após 228 dias de atraso, finalmente é entregue”, destacou o conselheiro municipal de Saúde Ronaldo Santos de Souza. “Infelizmente o Conselho Municipal de Saúde não foi convidado, mas, como sou chato, estive na cerimônia da entrega. Vamos aguardar a cerimônia de início das atividades.”

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia
Advertisement

Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.