Anúncios
Ir para conteúdo

Chuva e fortes ventos derrubam três árvores em Paulínia

Quedas aconteceram no Jardim do Lago e na Avenida José Paulino; ninguém se feriu e as vias foram liberadas ao trânsito de veículos

8 jan 2019 – 20h20
Equipe da Defesa Civil de Paulínia corta galhos para retirar árvore de via (Foto: Divulgação)

A chuva rápida, acompanhada de ventos fortes, derrubou três árvores no final da tarde desta terça-feira (8), em Paulínia. Ninguém se feriu. A Defesa Civil atendeu as ocorrências, cortou os galhos maiores e liberou as vias ao trânsito de veículos.

As árvores caíram duas no Jardim do Lago e outra na Avenida José Paulino. Até o final da tarde desta segunda-feira (8), depois do final de semana chuvoso, Paulínia seguia entre as 13 cidades da Região Metropolitana de Campinas (RMC) em estado de atenção.

Força do vento no final da tarde desta terça arrancou árvore pela raiz (Foto: Divulgação)

Segundo a Defesa Civil, a classificação de estado de atenção vale para municípios que acumularam volume de água superior a 80 milímetros em 72 horas. Até o final de segunda, Paulínia registrava um acumulado de 106 milímetros.

Nas medições pluviométricas, cada milímetro de chuva equivale ao volume de um litro de água de chuva acumulado sobre uma área igual a um metro quadrado. As cidades em estado de atenção têm monitoradas áreas com risco de deslizamento de terra e enchentes.

Na última sexta-feira, família teve de sair de casa após a queda de muro (Foto: Divulgação)

Na última sexta-feira (4), por volta das 19h, Paulínia foi atingida por uma forte chuva, com rajadas de vento, causando quedas de árvores, queda de muro, alagamentos de vias, deslizamento de talude e rompimento de cabo de rede elétrica.

Segundo a Secretaria Municipal de Proteção e Defesa Civil, no último final de semana, foram atendidas quase 30 ocorrências entre os dias 4 e 6, devido às chuvas que caíram em Paulínia. Na noite de sexta (4), choveu cerca de 80 milímetros em quatro horas.

Equipe trabalhou na limpeza de bueiros no domingo (6) após estiagem (Foto: Divulgação)

O caso mais grave foi a queda de um muro no bairro Presidente Médici. Uma família precisou ser levada para casa de parentes por causa de riscos de acidente na casa. As equipes de plantão vistoriam residências alagadas, sinalizam e monitoram pontos de alagamento, retiram árvores caídas e entulhos de vias públicas.

No domingo (6), equipes de limpeza da Secretaria de Obras e Serviços Públicos atuaram em vários bairros, entre eles o São José e João Aranha, executando serviços de varredura, retirada de lama das canaletas e bueiros e remoção de galhos.

Em casos de emergência a população pode ligar a qualquer hora nos números 199, ligação gratuita, ou discar (19) 3874-1516.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia
Anúncios

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.