Anúncios
Ir para conteúdo

Chuva forte interdita casa e deixa Paulínia em estado de atenção

Cidade registrou quedas de árvores, de muro, alagamentos de vias, deslizamento de talude e rompimento de cabo de rede elétrica

5 jan 2019 – 13h20
Via do bairro São José fica alagada e vira rio durante chuvas em Paulínia (Foto: Divulgação)

Paulínia entrou em estado de atenção por causa das chuvas que caíram nas últimas horas na cidade e interditaram totalmente uma casa no bairro Presidente Médici. De acordo com dados do Sistema Integrado de Defesa Civil (Sidec), divulgados na manha deste sábado (5), outros 13 dos 20 municípios que compõem a Região Metropolitana de Campinas estão na mesma situação.

Além de Paulínia, estão em estado de atenção para as chuvas na RMC, por registrarem volume de chuva superior a 80 milímetros nas últimas 72 horas, Americana, Artur Nogueira, Campinas, Cosmópolis, Holambra, Hortolândia, Indaiatuba, Monte Mor, Morungaba, Santa Bárbara d’Oeste, Sumaré, Valinhos e Vinhedo. Engenheiro Coelho, Jaguariúna e Pedreira entraram em estado de observação. Itatiba, Nova Odessa e Santo Antônio de Posse, segundo o Sidec, vivem situação normal, apesar de registrarem pontos de alagamentos.

Van da Prefeitura e casa atingidas por muro que caiu no Presidente Médici (Foto: Divulgação)

A Coordenadoria Estadual de Proteção de Defesa Civil (Cepdec) informou que por volta das 19h desta sexta feira (4) Paulínia foi atingida por uma forte chuva, com rajadas de vento, causando quedas de árvores, queda de muro, alagamentos de vias, deslizamento de talude e rompimento de cabo de rede elétrica.

De acordo com o órgão, foram registrados 80 milímetros de chuva em um período de cinco horas até o fim da noite de sexta-feira em Paulínia, o que equivale ao volume de 80 litros de água de chuva que se acumulou sobre uma superfície de área igual a um metro quadrado. Nas últimas 72 horas, o acumulado já é de 106 milímetros.

Conforme o Cepdec, devido ao excesso de volume de água houve queda de muro sobre parte de uma residência na Avenida dos Estados, no bairro Presidente Médici. Foi necessária a interdição total do imóvel. Uma família foi removida preventivamente e alojada na casa de parentes. Parte dos escombros acertaram ainda uma van da Prefeitura de Paulínia, no estacionamento do prédio da Vigilância Sanitária, que faz fundo com esse imóvel.

Placas achadas após a chuva e que estão na Padaria Panova, no São José (Foto: Divulgação)

Nos bairros São José, São Bento, Morumbi e Morro Alto foram registrados alagamentos de vias. Na Avenida José Paulino, 2.600, no Centro, ocorreu um deslizamento de talude apenas em via pública. No bairro Bom Retiro, houve rompimento do cabo da rede elétrica que causou interrupção no fornecimento de energia elétrica no decorrer da noite. No bairro São Domingos, a chuva comprometeu e desmoronou ainda mais o acesso à única passagem para aquela região de Paulínia.

Algumas placas de veículos foram encontradas após a chuva em Paulínia. Segundo informações do sargento Paulo Camargo, da Polícia Militar, boa parte delas está guardada na Padaria Panova, que fica localizada na Avenida Ferrucio Ferramola, no bairro São José.

Veja vídeos de alagamentos
Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia
Anúncios

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.