Ir para conteúdo

Escola de bicicross atenderá 300 alunos gratuitamente

Paulínia Racing dará uniformes, bikes e equipamentos de proteção; projeto socioesportivo é aberto a moradores da região

21 out 2018 – 11h57
Alunos da Escola Paulínia Racing Bicicross na pista do Poliesportivo dos Trabalhadores (Foto: Divulgação)

AEscola Paulínia Racing Bicicross irá atender 300 alunos gratuitamente em seu novo projeto socioesportivo. Também vai oferecer uniformes, lanches, acompanhamento pedagógico e escolar, além de bicicletas e equipamentos de proteção.

nnPara ser aluno da Escola Paulínia Racing Bicicross não há limite de idade, distinção de sexo. Pode-se praticar o BMX a partir dos 4 anos, desde que a criança saiba pedalar sem rodinhas e descer e subir guias. O projeto também está aberto a moradores da região.

nnOs interessados em participar da escola de bicicross precisam levar os documentos abaixo até a pista que fica no Poliesportivo dos Trabalhadores “Éttori di Blasio” (Rua dos Estados, 1.080-1.326 – Vila Monte Alegre), e no local preencher a Ficha de Inscrição.

  • Cópia do RG e CPF ou Certidão de Nascimento.
  • Cópia de comprovante de residência (recente).
  • Atestado médico para prática esportiva.
  • Declaração Escolar (matriculado em 2018).
  • Foto 3×4.
  • Cópia do RG e CPF e assinatura do responsável para menores de 18 anos.
  • Mais informações (19) 3844 5871, (19) 99810-5080, secretaria@pauliniabmx.com.br ou facebook.com/pauliniabmx.

nnO novo projeto socioesportivo do Paulínia Racing Bicicross foi lançado neste mês. Tem o patrocínio da Air Liquide e do Instituto Carlos Roberto Hansen da Tigre, via Lei Paulista de Incentivo ao Esporte, da Secretaria Estadual de Esportes, Lazer e Juventude, e apoio da Prefeitura Municipal de Paulínia.

nn“Formar campeões dentro e fora das pistas”, é uma das missões da Escola Paulínia Racing Bicicross, destacou o presidente da equipe, Júlio Brustolin. “Muitas vidas já passaram por aqui e tenho a certeza que pudemos contribuir com a sociedade. Os tombos e as vitórias que acontecem aqui são essenciais para a formação dos alunos.”

nnPara Armando Appal, do Instituto Carlos Roberto Hansen da Tigre, a busca por um mundo melhor motiva a empresa a patrocinar o projeto. “Acreditamos que por meio do esporte, podemos mudar e transformar vidas”, avaliou.

História

nnEm 2018, o Paulínia Racing Bicicross completou 21 anos. Durante esse período o clube já foi campeão mundial na Austrália, conquistou centenas de títulos e mais de 3.050 alunos vestiram o uniforme verde e amarelo. Nas últimas duas Olimpíadas, ex-alunos das escolinhas representaram o Brasil dentro e fora das pistas.

nnValmir Brustolin, primeiro presidente do clube, relembrou que a equipe foi a primeira reconhecida pela União Ciclística Internacional (UCI) como projeto modelo por ter recebido alunos da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae).

nn“Tudo começou pequeno e foi crescendo até chegar onde estamos”, falou Valmir Brustolin. “É muito gratificante ver pais que estiveram com a gente lá atrás e até hoje estão aqui atuando voluntariamente, pelo bem dos alunos.”

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.