Anúncios
Ir para conteúdo

Após 4 anos interditada começa remoção da ponte da Rhodia

Construção de nova ligação entre Paulínia e Campinas custará R$ 5,9 milhões e será paga integralmente com o dinheiro do contribuinte paulinense

9 out 2018 – 15h13
Equipe corta estrutura para remoção da ponte em partes sem uso de explosivos (Foto: Reprodução de vídeo)

Aremoção da ponte da estrada da Rhodia, interditada há cerca de quatro anos, começou a ser feita na manhã desta terça-feira (9), no limite entre Paulínia e Campinas. A ligação entre as duas cidades sobre o Ribeirão Anhumas será desmontada, recortada em partes, e retirada sem o uso de explosivos para não espalhar detritos da obra no curso d’água.

nnA ligação entre Paulínia e Campinas pela estrada da Rhodia foi interditada na noite do dia 27 de novembro de 2014. Um laudo encomendado pela indústria química da cidade pontou que a estrutura da ponte sobre o Ribeirão Anhumas, inaugurada há cerca de 40 anos, estava comprometida e, por exemplo, apresentava rachaduras profundas no asfalto.

nnUm fato curioso dessa interdição foi que a decisão de bloqueio foi tomada após uma vistoria realizada por profissionais da Secretaria Municipal de Infraestrutura de Campinas, Defesa Civil e Subprefeitura de Barão Geraldo, que, na época, era comandada por Valdir Terrazan, hoje, o atual secretário de Obras e Serviços Públicos de Paulínia.

nnA ligação recebia uma média de 4 mil veículos por dia, inclusive caminhões e ônibus. Após a demolição serão construídas duas pontes no local – uma no sentido Paulínia/Campinas e outra no Campinas/Paulínia –, ambas com 56 metros de extensão. Elas custarão R$ 5.968.050,35 do dinheiro dos contribuintes de Paulínia e deverão ser executadas em oito meses pela Etama Contrutora Ltda.

nnA Prefeitura de Paulínia informou que, por se tratar de ponte instalada no limite entre Paulínia e Campinas, as prefeituras firmaram Termo de Cooperação: Paulínia pagará o custo de R$ 5,9 milhões da obra e Campinas cuidará da retirada, transporte e destinação final do material remanescente da demolição da ponte, apoio e fornecimento de transporte para o material de aterro, e a apresentação dos planos de mitigação e recuperação ambiental que visem reverter danos aos impactos ambientais, mantendo a área em perfeito estado.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia
Anúncios

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.