Anúncios
Ir para conteúdo

Mulher de 52 anos é achada morta em casa no Monte Alegre

Polícia Militar suspeita que ela tenha sido vítima de roubo e depois assassinada pelo criminoso; ninguém foi preso

3 out 2018 – 22h05 (Atualizado 4 out 2018 – 14h51)
Policiais militares no local do crime em busca de informações para a prisão de criminoso (Foto: Divulgação)

Asupervisora Shirley Farias Alves, de 52 anos, foi achada morta, provavelmente a facadas, dentro de sua casa na tarde desta quarta-feira (3), no bairro Monte Alegre 2, em Paulínia. A Polícia Militar suspeita de roubo seguido de morte (latrocínio). Ninguém foi preso.

nnDa casa da supervisora foram levados dois aparelhos televisores, dinheiro, joias e um carro Cerato branco, placas ETF-1255. A vítima foi encontrada às 17h09 morta na cozinha da residência, na Rua José Furlan, por familiares que a procuravam desde as 15h.

nnUma faca, que pode ter sido utilizada para matar a supervisora, foi apreendida pela polícia na casa da vítima. Shirley tinha uma lesão profunda no lado direito do pescoço e em um dos dedos das mãos. A Polícia Técnica realizou uma perícia no local do crime.

nnA vítima era viúva e morava sozinha na casa da frente. No imóvel que fica nos fundos reside um parente da supervisora. Ela trabalhava em um restaurante na cidade de Americana. A polícia ainda irá apurar como, onde e por quantos criminosos a mulher foi rendida.

nnDe acordo com informações levantadas pela Polícia Militar ainda no dia do crime, a última pessoa que viu Shirley antes de ser encontrada morta teria sido um rapaz que pegou carona com ela. O caso foi encaminhado à Delegacia de Paulínia, que investigará o crime.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia
Anúncios

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.