Ir para conteúdo

Polícia faz operação contra o tráfico em Paulínia e região

Vinte e oito mandados de prisão e de busca e apreensão são cumpridos em quatro cidades

21 set 2018 – 11h16 (Atualizado às 17h17)
Fundo falso achado em residência de Sumaré que dava acesso a um porão (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

APolícia Civil de Paulínia comandou uma operação contra o tráfico de drogas na manhã desta sexta-feira (21) na região. Ao todo, eram cumpridos sete mandados de prisão e 21 de busca e apreensão em Paulínia, Campinas, Sumaré e Santa Bárbara d’Oeste.

nnTodos os pedidos de prisão temporária e 16 dos 21 mandados de busca e apreensão eram cumpridos em Paulínia. Os demais tinham como alvos suspeitos de integrarem a quadrilha que residiam em Campinas (1), Santa Bárbara d’Oeste (2) e Sumaré (2).

nnAté o primeiro balanço fornecido pela Polícia Civil, quatro pessoas tinham sido pres as – três homens e uma mulher, apontada como responsável pelo controle financeiro da quadrilha. Todos seriam levados para o 2º Distrito Polícia de Campinas.

Policiais disseram que porão estava vazio quando foi descoberto pela manhã (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

nnEm uma casa em Sumaré a polícia encontrou um piso falso que escondia o acesso a um porão. Segundo a polícia, o local era usado para guardar drogas, mas estava vazio na hora da operação. A quadrilha teria saído da residência há dez dias.

nnA família que mora agora nessa casa não sabia da existência do piso falso e não possui ligação com os bandidos. Mais três pessoas que estavam em outros locais de busca e apreensão foram detidas para a polícia investigar a relação delas com a quadrilha.

Mulher é colocada em viatura policial durante operação em Paulínia e região (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

nnEntre o material apreendido, estão duas motos de alta cilindrada, drogas, pistola, carregador, munições, computadores, tablets, celulares e cadernos. Os flagrantes foram realizados na Delegacia de Paulínia, sob o comando do delegado Rodrigo Galazzo.

nnAs investigações começaram há quatro meses após a apreensão de um celular, que revelou a existência dessa quadrilha de tráfico de drogas que agia em Paulínia e região. A polícia não revelou nomes dos presos nem endereços dos mandados de busca e apreensão.

nnA operação teve apoio de 120 policiais da área do Departamento de Polícia Judiciária de São Paulo (Deinter-2), que engloba as seccionais de Campinas, Americana, Bragança Paulista, Jundiaí e Mogi Guaçu, guardas municipais da região, além de canil.

Clique para ver mais notícias de Paulínia

Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.