Ir para conteúdo

Replan prepara retomada de produção após acidente

Refinaria acionará unidades que não foram atingidas pelas explosões seguidas de incêndio

 

23 ago 2018 – 23h02

A Petrobras informou no início da noite desta quinta-feira (23) que retomará a produção de derivados de petróleo nas unidades que não foram atingidas pelas explosões seguidas de incêndio ocorridas na Replan, na madrugada da última segunda-feira (20). A companhia não confirmou uma data para isso, mas “já iniciou o processo de retomada destas unidades, estimando o início do processo produtivo para os próximos dias”.

nnA estatal esclareceu que o incêndio atingiu parte de duas unidades da Replan: U-200 (Destilação atmosférica) e U-220A (Craqueamento catalítico). “As demais unidades operacionais não foram afetadas, porém, de forma preventiva, suas atividades foram paralisadas”. A Petrobras voltou a reforçar que não houve feridos no acidente e que está comprometida com “a segurança da sua força de trabalho, suas operações e instalações, adotando padrões da indústria mundial de petróleo”.

Unidades atingidas por explosões e incêndio na madrugada da última segunda-feira (Foto: Reprodução)

nnDe acordo com a Petrobras, ainda não é possível prever o retorno à operação das unidades afetadas pelas explosões e incêndio. “A companhia informa que não estima impactos financeiros relevantes, mesmo com os remanejamentos da produção de outras refinarias, reforma das unidades atingidas e eventual importação de derivados, se necessária”, avisou em seu comunicado. Ela não revelou números.

nnA Petrobras destacou que a entrega de produtos às distribuidoras foi reiniciada no dia seguinte ao acidente. Garantiu que conta com estoques da própria refinaria e com a produção das demais para garantir a oferta de combustíveis aos seus clientes, afastando o risco de desabastecimento do mercado.

nnNesta sexta-feira (24), o sindicato dos petroleiros prepara protesto na frente da portaria de acesso da Replan, na Rodovia Professor Zeferino Vaz (SP-332), a partir das 7h. Os manifestantes reivindicarão segurança, investimentos em manutenção e recomposição dos efetivos na refinaria. A ideia é levar a mobilização para todas as refinarias ligadas a federação da categoria, em um movimento nacional.

Comissão

nnUma comissão interna investiga as possíveis causas do acidente. A Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) monitora o Rio Atibaia. A água usada no rescaldo do incêndio chegou a ir para o rio. Barreiras foram instaladas para não prejudicar a captação de água para os moradores de Sumaré. A Petrobras informou que o óleo não atingiu o Atibaia. A Cetesb aguarda o resultado das análises para determinar sanções administrativas.

nnA Replan é a maior refinaria do País em capacidade de processamento de petróleo: 415 mil barris por dia. Sua produção corresponde a cerca de 20% de todo o refino de petróleo no Brasil, processando quase a sua totalidade de petróleo nacional, grande parte oriunda da Bacia de Santos (pré-sal). Está ligada aos terminais de São Sebastião, Guararema, Barueri, das distribuidoras do Pool Paulínia, da Petrobras Distribuidora e Base da Liquigás para GLP.

Clique aqui ara ver mais notícias de Paulínia

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.