Ir para conteúdo

Petrobras descarta risco de desabastecimento

Explosões e incêndio suspenderam a produção da Replan, maior refinaria do País

 

20 ago 2018 – 20h15

A Petrobras descartou o risco de desabastecimento do mercado por causa das explosões seguidas de incêndio que atingiram na madrugada desta segunda-feira (20) a Replan, em Paulínia (leia aqui). A produção foi suspensa, mas a distribuição segue ocorrendo, conforme a companhia. Em nota, a estatal garantiu que “conta com estoque e produção das demais refinarias para garantir a oferta de combustíveis aos seus clientes”.

nnA Replan é a maior do País em capacidade de processamento de petróleo: 434 mil barris por dia. Sua produção corresponde a 20% de todo o refino de petróleo no Brasil, processando quase a sua totalidade de petróleo nacional, grande parte oriunda da Bacia de Santos (pré-sal). Está ligada aos terminais de São Sebastião, Guararema, Barueri, das distribuidoras do Pool Paulínia, da Petrobras Distribuidora e Base da Liquigás para GLP.

Incêndio começou após explosões na Replan, em Paulínia, a maior refinaria do Brasil (Foto: Reprodução),

nnA Petrobras informou que o incêndio atingiu parte de uma das unidades de craqueamento catalítico e de uma das unidades de destilação atmosférica, que fazem parte do processo de refino de petróleo. “Mas a extensão dos danos ainda passará por avaliação detalhada”. Uma comissão foi montada para determinar as causas do acidente. A produção foi preventivamente paralisada e a companhia está avaliando o prazo para retorno das demais unidades não afetadas pelo incêndio.

nnO Sindicato dos Petroleiros de São Paulo (Sindipetro) informou que a unidade atingida pelas explosões e incêndio acabou de passar por manutenção e sofreu uma série de intervenções em seus equipamentos. Entretanto, sindicalistas apontam como uma das causas do acidente a falta de manutenção adequada nos equipamentos e o corte no número de funcionários para realizar o serviço com a qualidade necessária.

Fogo e coluna de fumaça eram vistos a quilômetros de distância da refinaria de Paulínia (foto: Reprodução)

nnNa nota, a Petrobras reafirmou seu compromisso com a segurança de suas operações e instalações “adotando padrões da indústria mundial de petróleo”. Destacou que a refinaria conta com planos de emergência e sua equipe de contingência foi prontamente acionada para conter o incêndio, em conjunto com o Corpo de Bombeiros. Segundo a companhia, ninguém se feriu.

nnA Prefeitura informou que foi acionada por volta da 1h e imediatamente enviou uma equipe de reconhecimento para avaliar se haveria algum risco para a população do entorno da refinaria. Do Centro de Emergência CMS da Replan, acompanhou todo trabalho juntamente com a Secretaria de Segurança do município, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e representante do Plano de Auxílio Mútuo de Paulínia (PAM).

Incêndio visto da sacada de prédio da região do Jardrim Calegaris; tensão (Reprodução)

nnPor volta das 6h30, essas equipes deixaram o local e, de acordo com o secretário municipal de Defesa e Desenvolvimento do Meio Ambiente, José Carlos Almeida, as informações repassadas pela Replan foram que no acidente ocorreu a explosão em uma caldeira que arremessou anteparos e provocou uma explosão secundária. Esclareceu, ainda, que não houve feridos graves. “Somente um funcionário se feriu levemente (no pé) no momento de abandono de área”, afirmou.

nnPor volta das 8h, equipes da Defesa Civil, da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo e Secretaria Municipal de Meio Ambiente saíram de barco para monitorar a qualidade da água do Rio Atibaia. Elas coletaram amostras que agora serão enviadas a laboratório para verificar se houve algum tipo de contaminação. A água usada para apagar e para fazer o rescaldo do incêndio atingiu o Atibaia. Foram feitas barreiras para não prejudicar a captação de água.

nnOs funcionários administrativos e de outros setores da Replan foram dispensados do trabalho na manhã desta segunda. Somente ficaram na área aqueles diretamente envolvidos na manutenção das unidades danificadas e equipes de operações e das áreas de Saúde, Meio Ambiente e Segurança. Todos os trabalhadores deverão voltar a assumir seus postos nesta terça-feira (21).

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.