Ir para conteúdo

Tempestade mata uma pessoa em Campinas

19 nov 2017 – 13h36

Um homem de 36 anos foi arrastado pela enxurrada e morreu afogado durante a tempestade da noite deste sábado, dia 18, em Campinas. Eduardo Gomes da Silva estava na Avenida Orosimbo Maia, no Centro da cidade, quando foi levado pelas águas.

nnSegundo familiares, Silva participava de um culto quando viu um casal preso em um carro na tempestade. O corretor de imóveis saiu para ajudar, mas escorregou e foi levado pela enxurrada. Ele ficou preso embaixo de um ônibus por 10 minutos até ser retirado de lá pelos próprios colegas da igreja.

nnA autarquia da Prefeitura Serviços Técnicos Gerais (Setec) informou que a vítima deu entrada por volta das 20h30 no Pronto-Socorro do Hospital Renascença, entretanto não sobreviveu. Silva era solteiro e morava no bairro Monte Cristo, em Campinas.

nnDefesa Civil de Campinas registrou volume de chuva de 118,5 milímetros (ou 118,5 litros de água por metro quadrado) entre a noite deste sábado (18) e madrugada deste domingo, dia 19, na região do Jardim Proença.

nnDe acordo com o órgão, esse índice pluviométrico é histórico para essa época do ano em Campinas. A chuva alagou casas, inundou vias, arrastou carros, cancelou eventos e derrubou muros e árvores em diversas regiões campineiras.

Paulínia

nnEm Paulínia, a Defesa Civil registrou um volume de chuva entre as 18h de sábado (18) e às 7h deste domingo, dia 19, de 54 milímetros – 54 litros de água por metro quadrado. O órgão não registrou ocorrências de gravidade na cidade. A previsão é que as chuvas prossigam na região até quarta-feira, dia 22.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Categorias

Cidades

Tags

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.