Ir para conteúdo

‘Fusca Amarelo’

Gaeco desencadeia operação de combate às quadrilhas que atuam em furtos, roubos e receptações de veículos em Paulínia e em mais três cidades da região

 

5 out 2017 – 12h

O Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) desencadeou na manhã desta quinta-feira, dia 5, a operação “Fusca Amarelo” de combate às quadrilhas que atuam em furtos, roubos e receptações de veículos em Paulínia, Americana, Santa Bárbara d’Oeste e Limeira.

nnA operação tem por base denúncia elaborada pelo Gaeco e pela promotoria de Justiça criminal de Americana em face de 20 indivíduos, dos quais 14 são suspeitos de integrar organização ou associação criminosa. Dentre os alvos, estão policiais civis e militares de Americana e guardas municipais de Santa Bárbara d’Oeste.

athenas1
POLÍCIA | Peças automotivas encontrada em casa de condomínio em Paulínia / Foto: Reprodução

nnA ação contou com o apoio de cerca de 100 policiais militares, inclusive da Força Tática para o cumprimento de 16 mandados de prisão, 33 mandados de busca e apreensão e cinco mandados de condução coercitiva nessas quatro cidades da região. Nove suspeitos teriam sido presos até o final da manhã.

nnUm vídeo da operação mostra policiais em uma casa no condomínio Athenas, em Paulínia. A residência de luxo não tem moradores nem móveis, mas guarda peças de veículos sem registro de procedência. A casa seria de Maurício Franco de Souza, que foi detido em outro imóvel do residencial e levado para Delegacia de Paulínia. Segundo a polícia, ele receptava peças e veículos e fazia negociações da mercadoria. Foram apreendidos computador, dólares, euros, pen drive e documentos.

athenas2
POLÍCIA | Casa de luxo no Athenas estava sem móveis e ninguém morava lá / Foto: Reprodução

nnOs mandados foram expedidos pela Justiça de Americana. “Fusca Amarelo” é o termo utilizado pela PM para se referir aos veículos mais furtados ou roubados durante um período. As investigações se iniciaram após reuniões entre Ministério Público e Polícia Militar para debater o alto índice de roubos e furtos de veículos que ocorrem na região há anos, “assim como a melhor forma de combater tal atividade daninha”.

acusado1
POLÍCIA | Maurício Franco de Souza, que foi detido em Paulínia / Foto: Reprodução

nnA operação teve apoio da Corregedoria da Polícia Militar e a da Polícia Civil durante o cumprimento dos mandados pelo possível envolvimento de agentes públicos (policiais militares e civis) com as atividades criminosas investigadas.

athenas3
POLÍCIA | Mais peças em um dos corredores do quintal da casa / Foto: Divulgação

nnTrês dos mandados de prisão em cumprimento se direcionam a agentes públicos policiais; 17 mandados de busca e apreensão estão sendo realizados em residências e locais de trabalho de agentes públicos e, por fim, cinco  conduções coercitivas estão sendo realizadas para oitiva de agentes policiais pelo Gaeco.

seccional americana
POLÍCIA | Prédio da Delegacia Seccional de Polícia Civil, em Americana / Foto: Divulgação

nnA denúncia engloba crimes de organização criminosa qualificada (três a oito anos de reclusão); associação criminosa qualificada (um a três anos de reclusão); receptação qualificada (três a oito anos de reclusão); adulteração de sinal identificador de veículo automotor (três a seis anos de reclusão); apropriação indébita qualificada (um a quatro anos de reclusão), corrupção passiva (dois a 12 anos de reclusão) e corrupção ativa (dois a 12 anos de reclusão).

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.