Ir para conteúdo

Fim da fuga

Polícia Civil prendeu nesta terça-feira homem acusado de matar Danilo Campezoni de Morais, 36 anos, em um imóvel abandonado no Centro de Paulínia

 

26 set 2017 – 16h08

A Polícia Civil prendeu nesta terça-feira, dia 26, o homem acusado de matar a facadas Danilo Campezoni de Morais, 36 anos. O crime aconteceu na última sexta-feira (22) em um imóvel abandonado na Avenida José Paulino, no Centro.

nnO acusado foi levado para a Delegacia de Paulínia, onde prestará depoimento. Ainda não há detalhes de sua identificação nem das razões que o levaram a dar sete facadas em Morais, que chegou a ser socorrido e morreu no Hospital Municipal (leia mais aqui).

imovel
POLÍCIA | Imóvel abandonado onde aconteceu o assassinato de Morais / Foto: Divulgação

nnA Polícia Civil conseguiu prender o homem após receber denúncias anônimas. As informações davam conta de que o assassino de Morais estava escondido em uma área onde existe uma horta, perto da escola do bairro Morro Alto, em Paulínia.

Gol

nnUm homem de Sumaré que agarrava e roubava mulheres nas regiões dos bairros Santa Terezinha, Itapoan e Morumbi, em Paulínia, também foi preso nesta terça (26), em uma ação que envolveu a Polícia e a Guarda Civil.

gol
POLÍCIA | Gol que era utilizado por acusado para abordar suas vítimas / Foto: Divulgação

nnSegundo a polícia, o homem chegava em um Gol, modelo quadrado, e abordava as vítimas. De algumas, ele conseguiu levar aparelhos de telefone celular. Outras saíram correndo e conseguiram escapar do criminoso.

nnO acusado, que não teve o nome revelado, foi levado para a Delegacia de Paulínia. O carro dele também acabou apreendido. A polícia não deu detalhes de como ocorreu a prisão. Revelou que foi resultado de troca de informações entre as forças de segurança.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Categorias

Polícia

Tags

Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.