Ir para conteúdo

Tecnologia

Informatização da rede municipal de Saúde começa pela UBS do Monte Alegre; unidade será a primeira de Paulínia a ter prontuário eletrônico

 

15 set 2017 – 13h05

A Unidade Básica de Saúde (UBS) do Monte Alegre será a primeira de Paulínia a ter prontuário eletrônico. A informatização da Saúde teve início nesta semana por meio de parceria entre a Prefeitura, o governo do Estado e o Ministério da Saúde, sem custo qualquer para o Município. A ideia é concluir todo o trabalho no ano que vem.

nnA substituição das fichas de papeis por eletrônicas será possível graças a plataforma E-SUS AB, cedida de graça à Prefeitura pelo Ministério da Saúde. Servidores da UBS começaram a ser treinados para operar o sistema, que permitirá rapidez no atendimento ao paciente e integração dos dados das unidades da rede municipal de Saúde.

monteubsmontealegre
MODERNIZAÇÃO | UBS do Monte Alegre vai abandonar as fichas de papeis / Foto: Divulgação 

nnTerça-feira, dia 12, o coordenador de projetos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), da Secretaria Estadual de Saúde, Ricardo Tardelli, visitou o Centro de Especialidades e a UBS Monte Alegre para ver as instalações e os trabalhos que são desenvolvidos pela equipe técnica da Saúde e de informática.

nn“A cidade será beneficiada com todos os equipamentos necessários e os profissionais serão capacitados para operar o novo sistema”, disse Tardelli. “Com a informatização, a Saúde de Paulínia terá grande salto de qualidade. Na UBS Monte Alegre, além da capacitação dos funcionários, já é implantado o prontuário eletrônico.”

monte
VISITA | Coordenador de projetos do BID, do governo estadual, Ricardo Tardelli / Foto: Divulgação

nn“O controle de informações é fundamental para que possamos realizar uma gestão eficiente”, afirmou o prefeito de Paulínia, Dixon Carvalho (PP). “A informatização irá facilitar o trabalho da unidade”, avaliou enfermeira responsável pela UBS Monte Alegre, Nair Pedrozo. “É um grande ganho para todos nós.”

nnTambém participaram da visita às unidades, a coordenadora do BID, Fátima Bombardi; a representante da Diretoria Regional de Saúde de Campinas (DRS 7), Marlene Rizzioli Lima; o secretário de Saúde de Paulínia, Cláudio Miranda; e a equipe técnica da secretaria. A previsão é que até agosto de 2018 toda a rede municipal de Paulínia esteja informatizada e integrada.

monteUBSCooperlotes
SAÚDE | Obras do governo do Estado de construção de UBS no Cooperlotes / Foto: Divulgação  

nnPaulínia foi contemplada no Programa Saúde em Ação, parceria inédita da Secretaria Estadual da Saúde com o BID. O projeto vai reformar e construir unidades, clínicas e hospitais em mais de 70 municípios, de cinco regiões paulista. Dos recursos previstos, 70% virão de financiamento do banco e 30% de contrapartida do governo do Estado.

nnO programa prevê equipar as unidades com computadores e servidores para gerenciar pacientes e diminuir filas em clínicas, hospitais e centros de Saúde. Em Paulínia, além da informatização da Saúde, serão construídas três UBS – duas em obras na região central e no bairro Cooperlotes. A terceira ainda será licitada pelo Estado.

Clique aqui para ver mais notícias de Paulínia

Categorias

Cidades

Tags

,

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.