Ir para conteúdo

Nossa!

Pedido de abertura de CP, com afastamento prévio do prefeito Dixon Carvalho (PP) e mais 13 dos 15 vereadores, é apresentado na Câmara de Paulínia

 

nnUm pedido de abertura de Comissão Processante (CP) envolvendo o prefeito de Paulínia, Dixon Carvalho (PP), e 13 dos 15 vereadores da cidade deu entrada na tarde desta quinta-feira, dia 24, na Câmara Municipal. O documento quer o afastamento prévio de Dixon e dos parlamentares, com a convocação de seus respectivos suplentes, para a investigação de denúncias por crime de responsabilidade e quebra de decoro.

nnO documento é assinado pelo eleitor de Paulínia Luiz Roberto de Lima, 3º sargento aposentado. Tem como base a denúncia que teria sido feita pelo ex-secretário de Governo de Paulínia Aristides Ricatto, datada do último dia 14 agosto, na Procuradoria-Geral de Justiça do Estado, que acusa o prefeito e 13 vereadores de crimes de associação criminosa, corrupção ativa e passiva.

prefeitura2
POLÍTICA | Prefeitura de Paulínia e sede do governo Dixon Carvalho (PP) / Foto: Divulgação

nnDe acordo com as acusações, Dixon teria nomeado 68 servidores indicados pelos 13 vereadores em troca da rejeição de duas CPs (da merenda e do lixo), que poderiam culminar com a cassação do prefeito na Câmara Municipal. Dos 15 vereadores de Paulínia, somente Kiko Meschiatti (PRB) e Tiguila Paes (PPS) ficaram de fora das denúncias. Os dois votaram a favor das investigações contra o prefeito.

nnA Câmara Municipal confirmou que recebeu o pedido de abertura de CP às 16h41, envolvendo o prefeito e 13 vereadores. O documento tem 217 páginas e ainda não está totalmente disponibilizado no site do Legislativo. Parte dele, 29 páginas, que se refere à solicitação de Lima pode ser conferido aqui. O resto seria uma compilação das outras denúncias já arquivadas com a rejeição dos pedidos de abertura de CPs.

camara
POLÍTICA | Denúncia, se acatada, pode mudar a composição da Câmara / Foto: Divulgação

nnA Câmara informou que o pedido com abertura de CP, afastamento prévio de Dixon e dos 13 vereadores envolvidos, com a convocação de seus respectivos suplentes, será analisado pela Procuradoria da Câmara, que, se aceito, definirá o rito a ser seguido. Essa decisão deve sair até esta terça-feira, dia 29, quando a matéria, se acatada, deverá então entrar na pauta da sessão do Legislativo.

nnA assessoria de Dixon informou que o prefeito ainda não foi notificado pela Câmara do recebimento do requerimento de abertura de CP. Esse é o quarto pedido de investigação contra o prefeito em oito meses de governo – um foi sobre o contrato emergencial da merenda, outro do lixo e o terceiro questionando a evolução de seu patrimônio pessoal. Todos foram rejeitados na Câmara Municipal.

denuncia
POLÍTICA | Carimbo com data e hora da entrada do documento na Câmara / Foto: Reprodução

nnO grupo de 13 de vereadores envolvidos nas denúncias de Lima preparava uma nota oficial para se posicionar sobre o assunto ainda na noite desta quinta-feira (24), mas o documento não ficou pronto até o fechamento desta edição.

Vereadores acusados

  • Danilo Barros (PR)
  • Du Cazellato (PSDB)
  • Edilsinho (PSDB)
  • Fábia Ramalho (PMN)
  • Fábio Valadão (PRTB)
  • Flávio Xavier (PSDC)
  • João Mota (PSDC)
  • Loira (PSDC)
  • Manoel Filhos da Fruta (PCdoB)
  • Marcelo D2 (Pros)
  • Marquinho Fiorella (PSB)
  • Xandynho Ferrari (PSD)
  • Zé Coco (PV)

 

Última alteração em 24 de agosto de 2017 às 22h53

Categorias

Política

Tags

Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.

6 comentários em “Nossa! Deixe um comentário

  1. Bom dia.

    Prefeitura anda .muito tenso

  2. Pingback: Novo alvo
  3. Pingback: Esquema especial
  4. Pingback: Essa aí passou