Anúncios
Ir para conteúdo

Vagas à vista

Projeto de lei enviado à Câmara de Paulínia prevê a criação de 90 cargos públicos de Agente Comunitário de Saúde e de Agente de Combate a Endemias

 

nnA Prefeitura de Paulínia enviou na tarde desta terça-feira, dia 22, projeto de lei à Câmara de Vereadores que prevê a criação de 90 cargos públicos de Agente Comunitário de Saúde e de Agente de Combate a Endemias.

nnA contratação desses novos servidores, ainda sem data prevista, seria, conforme a Prefeitura, para a implantação do “Programa de Agentes Comunitários de Saúde”, de acordo com as diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS).

agente
ADMINISTRAÇÃO | Agentes vão desenvolver trabalho de campo em Paulínia / Foto: Divulgação

nnSegundo as justificativas apresentadas pela Prefeitura à Câmara Municipal, os atuais programas de Saúde de Paulínia contemplam agentes comunitários de Saúde, mas não preveem os agentes de combate a endemias.

nnConforme o projeto de lei, Paulínia necessita de 60 agentes comunitários de Saúde e 30 agentes de combate a endemias. De acordo com a legislação, 5% das vagas são reservadas para deficientes.

Salário

nnO salário para esses dois cargos está fixado em R$ 1,3 mil para uma jornada de 40 horas semanais. Os contratados por meio de concurso ou processo seletivo público ficarão lotados na Secretaria Municipal de Saúde.

nnA contratação será feita pelo regime estatutário. Os novos servidores realizarão trabalho de campo para controle de vetores, visitas domiciliares, recadastramento populacional, entregas de insumos, entre outros serviços.

nnAgora, o projeto de lei será analisado por comissões da Câmara Municipal e depois votado duas vezes em plenário pelos vereadores. Se aprovado, seguirá para sanção do prefeito Dixon Carvalho (PP) e entrará em vigor.

 

Última alteração em 22 de agosto de 2017 às 18h10

Anúncios

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.

3 comentários em “Vagas à vista Deixe um comentário

  1. Sobre a matéria “Vagas a viata”, relato que faltou algo muito importante e que deveria ser citado: Já existe concurso público aberto a homologado para as vagas de agente de combate à endemias, citada no projeto de lei!
    Dessa forma, esse projeto,além de ser ilegal, é incabível pelo salário incompatível com a realidade salarial da cidade nessa carga horária.
    Como que eles querem abrir um um concursi para contratar sendo que já há um em aberto há mais de um ano????
    Peço por gentileza, que republicar a matéria citando esse “detalhe”, e que também já há um agente de controle de vetores (none antigo dado ao mesmo cargo), na cidade. Eles podem mudar a nomenclatura mas vão ter que chamar os que passaram honradamente nesse concurso e aguardam a posse do cargo que já deveria ter sido realizada desde o ano passado! Grata.

  2. Sobre a matéria “Vagas a vista ”, relato que faltou algo muito importante e que deveria ser citado: Já existe concurso público aberto a homologado para as vagas de agente de combate à endemias, citada no projeto de lei! Porém, com a antiga nomenclatura de “agente de controle de vetores”.
    Dessa forma, esse projeto,além de ser ilegal, é incabível pelo salário incompatível com a realidade salarial da cidade nessa carga horária.
    Como que eles querem abrir um concurso para contratar, sendo que já há um em aberto há mais de um ano????
    Peço por gentileza, que republiquem a matéria citando esse “detalhe”, e que também já há um agente de controle de vetores (nomenclatura antiga), na cidade. Eles podem mudar a nomenclatura mas vão ter que chamar os que passaram honradamente nesse concurso e aguardam a posse do cargo que já deveria ter sido realizada desde o ano passado! Grata.

  3. Pingback: Pano pra manga

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.