Anúncios
Ir para conteúdo

Abuso de menores

Enfermeiro de 52 anos é preso acusado de estuprar duas crianças de 6 e 9 anos, em Paulínia; homem foi capturado no estacionamento do HC da Unicamp

 

nnA Polícia Civil prendeu o enfermeiro Adelci José Pazian de Souza, 52 anos, no estacionamento do Hospital de Clínicas da Unicamp, acusado de estuprar duas crianças de 6 e 9 anos de idade, em Paulínia. A captura foi no início da manhã desta segunda-feira, dia 7. Ele não resistiu à ação policial e ficará recolhido no 2º Distrito Policial, em Campinas.

viaturas
POLÍCIA | Prisão feita pela Polícia Civil no estacionamento do HC da Unicamp / Foto: Divulgação

nnDe acordo com a polícia, as duas crianças são irmãs e vizinhas do enfermeiro e eram ameaçadas para não relatar os abusos a ninguém. Entretanto a mãe percebeu a alteração de comportamento dos garotos no final de 2016 e denunciou o caso à polícia em janeiro deste ano.

nnOs ataques, conforme a polícia, aconteceram na casa de Souza, que é padrinho de casamento dos pais das vítimas. Ele teria atraído as crianças a um galinheiro nos fundos de sua residência, as beijado na boca e as submetido a sexo oral. Um primo, de 31 anos, das vítimas contou a policiais que, quando tinha 15 anos, também sofreu abusos por parte do enfermeiro.

enfermeiro
POLÍCIA |Adelci José Pazian de Souza / Foto: Reprodução

nnDesde abril deste ano, os dois irmãos passam por atendimento psicológico. O mais novo chegou a fazer um desenho de uma viatura da polícia pedindo a prisão do enfermeiro. Esse material também foi entregue à polícia de Paulínia. Souza nega as acusações.

nnO enfermeiro teve a prisão temporária decretada pela Justiça por 30 dias. O delegado de Paulínia, Rodrigo Luis Galazzo, que cuida do caso, poderá ainda pedir a prorrogação do prazo. O acusado mora no Jardim Europa, em Paulínia, é solteiro e não tem filhos.

desenho
POLÍCIA | Desenho feito por uma das vítimas e que foi entregue à polícia / Foto: Reprodução

nnO homem trabalha no Centro Integrado de Nefrologia da Unicamp. Estava de licença há um mês e teria retornado nesta segunda-feira (7) ao HC para renovar o benefício quando foi detido no estacionamento. A prisão temporária saiu em julho e, desde então, a polícia estava no encalço dele.

nnNo último dia 1º. o bispo evangélico Reinaldo Silvério, 42 anos, de Paulínia, foi preso preventivamente acusado de estuprar um garoto e uma menina de 12 anos (leia mais aqui).

 

Última alteração em 7 de agosto de 2017 às 21h35

Categorias

Polícia

Tags

Anúncios

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.