Anúncios
Ir para conteúdo

Desenvolvimento

Prefeitura de Paulínia e Unicamp assinam nesta segunda-feira convênio de apoio à criação de Parque Tecnológico e Incubadora de Empresas na cidade

 

nnA Prefeitura de Paulínia e a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) assinam nesta segunda-feira, dia 31, um convênio de apoio à criação do Galileo, o primeiro Parque Tecnológico e Empresarial e Incubadora de Empresas do município.

nnO Galileo Parque Tecnológico e Empresarial será instalado em uma área de 663 mil metros quadrados, entre a Estrada da Rhodia e a Rodovia Professor Zeferino Vaz (SP-332). O empreendimento contará ainda com 177 mil metros quadrados de área verde.

paulinia
FINANÇAS | Imagem mostra vista aérea parcial da cidade de Paulínia / Foto: Divulgação

nnPara a Prefeitura, a localização do Parque Tecnológico é estratégica porque fica a sete minutos da Unicamp, 30 minutos do Aeroporto Internacional de Viracopos e tem fácil acesso às rodovias Anhanguera, Dom Pedro I e Bandeirantes.

nnParques tecnológicos são empreendimentos para a promoção de ciência, tecnologia e inovação, que aproximam os centros de conhecimento (universidades, centros de pesquisas e escolas) do setor produtivo (empresas).

Competitividade

nnEsses ambientes são propícios para o desenvolvimento de Empresas de Base Tecnológica (EBTs) e para a difusão da Ciência, Tecnologia e Inovação e se transformam em locais que estimulam a sinergia de experiências entre as empresas, tornando-as mais competitivas, de acordo com a Prefeitura.

nnO prefeito de Paulínia, Dixon Carvalho (PP), ressalta que a meta do governo é diversificar a matriz econômica do município e transformá-lo, também, em um importante polo de inovação e tecnologia.

Privado

nnAinda conforme o prefeito, o Parque Tecnológico atende todas as exigências da rede estadual e tem toda a infraestrutura necessária para receber as empresas que queiram se instalar em Paulínia. A estrutura será oferecida pelo setor privado. O investimento ainda não foi revelado.

nnJá a Prefeitura vai preparar uma Lei de Incentivo à Inovação e o aprimoramento da Lei de Incentivo Fiscal, com o intuito de ancorar a atividade econômica do município e atrair novas empresas. “A Unicamp, por meio da Inova – Agência de Inovação –, será a gestora do Parque Tecnológico”, disse Dixon.

Incubadora

nnA primeira incubadora de empresas de base tecnológica de Paulínia estará inserida no Galileo. Ela vai oferecer estrutura física para a instalação de empresas nascentes, dando apoio estrutural e respaldo intelectual para a consolidação de projetos com alto potencial de crescimento.

nnO edital para seleção das empresas que serão incubadas sairá em 90 dias. O diretor-geral do Galileo, Gilberto Zancanner Brito, disse que, inicialmente, as empresas serão instaladas em um prédio nas dependências da Unicamp. “Estamos investindo R$ 250 mil na adaptação do espaço e teremos capacidade para incubar, neste primeiro momento, cerca de 10 empresas”, afirmou.

Pré-requisitos

nnPara o diretor do Parque Científico e Tecnológico da Unicamp, Eduardo Gurgel do Amaral, Paulínia preenche todos os pré-requisitos necessários para se tornar, futuramente, a cidade do conhecimento devido a localização estratégica, índice de qualidade de vida e infraestrutura.

nnAmaral destacou ainda a união entre a Unicamp, a Prefeitura e a iniciativa privada. “Esta é, sem dúvida, a melhor forma de desenvolvermos um projeto desse porte”, afirmou. “Garantindo altos investimentos e consequentemente melhoria para a cidade e qualidade de vida dos cidadãos.”

Assinatura

nnO ato de assinatura do convênio entre Prefeitura e Unicamp acontece na próxima segunda-feira (31), às 17h30, no Salão Nobre, localizado no Paço Municipal. Contará com a presença do reitor da Unicamp, Marcelo Knobel, e de autoridades da região.

 

Última alteração em 28 de julho de 2017 às 5h30

Anúncios

Paulínia 24 Horas Notícia Ver tudo

Site de notícias criado para divulgar fatos jornalísticos da cidade de Paulínia.